Militantes petistas chamam Ciro Gomes de corrupto e Ciro reage: ‘O Lula está preso, eu não, babaca!’

Ciro Gomes (PDT-CE) se irritou com militantes do PT em um evento da UNE em Salvador (BA) Foto: Matheus Alves / CUCA da UNE/Reprodução

O ex-ministro Ciro Gomes , candidato derrotado do PDT à Presidência no ano passado, criticou apoiadores do Partido dos Trabalhadores ( PT ) na manhã desta quinta-feira em evento da União Nacional dos Estudantes (UNE), em Salvador. O episódio lembra aquele que o irmão de Ciro, o senador Cid Gomes (PDT-CE), protagonizou durante a campanha presidencial em um ato a favor de Fernando Haddad (PT-SP), quando se irritou com militantes e os respondeu com a frase “O Lula está preso, babaca” .

Segundo reportagem do site do jornal O Globo,  Ciro se alterou logo que começou a falar. Ele foi interrompido em meio a críticas que ele fazia ao PT.

— Imagina um jovem num bar agora obrigado a defender corrupção, ladroeira, aparelhamento do Estado, fisiologia, formação de quadrilha — discursava Ciro, ao ser interrompido sendo chamado de “corrupto”.

Mais irritado, retrucou:

— Eu não sou não, eu estou solto, 38 anos de vida pública e nunca respondi por nenhum malfeito. Eu sou limpo! Engole! O Lula está preso, babaca! Provocou, vai ouvir. — disse o pedetista em referência ao ex-presidente, que ontem foi condenado pela segunda vez na Operação Lava-Jato .

Em seguida, após uma reação crescente da platéia com gritos de “Lula, Livre!”, Ciro tentou mediar a situação dizendo que sempre ajudou o petista em todas as suas eleições. Ainda em meio a reações da plateia, voltou a criticar o discurso hegemônico no PT de que Lula seria um preso político.

— Companheiros, companheiras, nós fomos humilhantemente derrotados por essa estratégia. Insistir nela afunda o Brasil — disse, deixando o palco antes de utilizar todo o tempo que tinha para falar.

Apesar das vaias e de gritos de ordem, Ciro também foi saudado e aplaudido por parte dos estudantes. Ao final do evento, em entrevista coletiva, minimizou a reação e voltou a criticar o PT

— A cúpula do PT virou uma organização criminosa e transforma certa militância apaixonada no mesmo fenômeno do ‘bolsominion’. Eles não querem ver o real. É paixão — disse.

A participação ocorreu no debate “Os desafios da conjuntura para o desenvolvimento nacional”, na 11ª Bienal da UNE. A direção da entidade é composta majoritariamente pela juventude do PC do B.

Nesta tarde já estava marcado um “Cortejo Lula Livre” na programação na Bienal. contra a nova condenação de Lula, agora no processo sobre o sítio de Atibaia. Segundo a organização do evento, trata-se de “mais uma condenação sem provas imposta ao ex-presidente”,

Fonte: Jornal O Globo/Versão Online/Tiago Aguiar

Notícias Relacionadas

Deixe uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *