Homem que matou ex-esposa em Itacaranha tem prisão decretada

O pedido de mandado de prisão, feito pelo Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) à Justiça, foi atendido, nesta segunda-feira (27) e Antônio Brasilino dos Santos, 42 anos, autor da morte de Lúcia Gomes dos Santos, 40, já é considerado foragido. O criminoso matou a ex-esposa, no último sábado, na Rua Ipirá, bairro de Itacaranha. A vítima estava grávida de três meses e foi morta a tiros.

Lúcia chegou a ser socorrida por familiares e levada para o Hospital do Subúrbio, mas já chegou a unidade sem sinais vitais. De acordo com o delegado Jamal Amad, do DHPP, investigadores estão realizando diligências para capturá-lo.

“Não podemos permitir que alguém tire a vida de outra pessoa por que um relacionamento não deu certo. A cultura do machismo, que enxerga a mulher como posse, tem de ser extinta da sociedade”, afirmou Jamal.

Informações sobre o paradeiro do homicida podem ser enviadas através do Disque Denúncia da SSP (3235-0000) e 190.

Notícias Relacionadas