970×90

PT volta a discutir opções a Lula, com sua prisão

CLÁUDIO HUMBERTO

O PT retomou as discussões internas para definir opção à pretendida candidatura presidencial de Lula, em 2018. É que juristas ligados ao partido têm sido unânimes na advertência de que o ex-presidente deve cumprir pena de prisão em regime fechado, sendo “questão de tempo” a confirmação e até ampliação da sua sentença de 9 anos e meio de cadeia. “Seremos sempre solidários ao companheiro Lula”, diz um dirigente, “mas precisamos nos preocupar com a sobrevivência do PT”.

Ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (Foto: Paulo Pinto/Fotos Públicas)
Ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (Foto: Paulo Pinto/Fotos Públicas)

PRAGMATISMO
Os dirigentes do PT avaliam que Lula é a melhor opção. Mas o partido não pode ser surpreendido com a inviabilização da candidatura.

HADDAD É OPÇÃO
Lula não se opõe ao debate sobre quem pode substituí-lo na disputa presidencial. E não esconde o seu preferido: Fernando Haddad.

TÁ FEIA A COISA
No Nordeste, seu “reduto”, Lula só viu bom público onde prefeitos e governadores aliados pagaram por isso, com ônibus, lanche e cachê.

NUNCA NA HISTÓRIA
O “italiano” Antonio Palocci, com autoridade de quem foi ministro da Fazenda e coordenador de campanhas do PT, é a primeira testemunha que confirma propina em dinheiro vivo para Lula, de R$4 milhões. É o primeiro presidente do Brasil acusado de embolsar dinheiro roubado.

‘ALÔ, PF, AQUI É ACM…’
Antônio Carlos Magalhães, o ACM, em vida, elegeu Geddel como arqui-inimigo. ACM faria 99 anos na mesma terça (5) em que foram apreendidas as malas com os R$51 milhões roubados. Tem gente achando que foi do Além o telefonema à PF, entregando o “bunker”… (Coluna de Cláudio Humberto. Clique AQUI e leia mais).

Notícias Relacionadas