Vitória vence o Coritiba na raça, na vontade e fica bem distante da degola

Vitória mostra garra em toda a partida e vence o Coxa com um golaço de Marino no primeiro tempo (Foto: Coritiba/Divulgação)
Vitória mostra garra em toda a partida e vence o Coxa com um golaço de Marino no primeiro tempo (Foto: Coritiba/Divulgação)

Mais uma noite de Marinho! Mais um dia para a história do atacante que não perdoa, marca! Com 10 minutos de jogo, depois de passar por três marcadores, o endiabrado atacante do Vitória limpou e chutou sem defesa para o goleiro Wilson. Estava decretado ali o triunfo do Rubro-negro baiano por 1 a 0, no Couto Pereira, diante do Coritiba. Com o resultado, o Leão praticamente se livrou do rebaixamento e só mesmo com uma combinação de resultados estará fora da elite do futebol brasileiro em 2017.

Com mais um golaço de Di Marinho, o 11º dele no Brasileirão, o Vitória chegou ao 15º lugar na tabela e voltou a abrir três pontos do Internacional. Para garantir a permanência na Série A na próxima rodada sem depender dos resultados dos adversários diretos, precisa empatar com o Palmeiras, domingo, no Barradão. Já o Internacional precisará vencer o Internacional de goleada, no Rio de Janeiro. E ainda vai depender do jogo do Sport contra o Figueirense, em Recife. Ganhando, o Rubro-negro pernambucano também estará livre do rebaixamento.

Assista os melhores momentos de Coritiba 0 x 1 Vitória e o golaço de Marinho no vídeo abaixo:

CORITIBA 0 X 1 VITÓRIA

Local: Estádio Major Antônio Couto Pereira, em Curitiba (PR)
Data: 28 de novembro de 2016, segunda
Horário: 20 horas (de Brasília)
Árbitro: Elmo Alves Resende Cunha (GO)
Assistentes: Fabricio Vilarinho da Silva (Fifa-GO) e Cristhian Passos Sorence (GO)
Crtões amarelos : Leandro, Nery Bareiro, Yan (Coritiba); Kanu, Norberto, Victor Ramos e Kieza (Vitória)

GOL DO VITÓRIA: Marinho, aos 10 minutos do primeiro tempo

CORITIBA: Wilson, Dodô, Walisson Maia, Nery Bareiro e Juninho; Amaral, Yan (Vinicius), Iago; Leandro, Kazim e Kleber
Técnico: Paulo César Carpegiani

VITÓRIA: Fernando Miguel; Norberto, Kanu, Victor Ramos e Euller; Willian Farias, Marcelo e Cárdenas; Marinho (Amaral), Kieza e Zé Love (David)
Técnico: Argel Fucks

Notícias Relacionadas