Rapaz morto com ‘gravata’ de vigilante em supermercado é enterrado no Rio

Vinícius Lisboa
Agência Brasil

O corpo de Pedro Gonzaga, de 19 anos, foi enterrado hoje (16), no Rio de Janeiro. Ele morreu depois de ter sido sufocado por vigilante de uma unidade do supermercado Extra, na Barra da Tijuca. Pedro foi velado e enterrado no Cemitério Jardim da Saudade, em Paciência.

O caso ocorreu na tarde de quinta-feira (14) e está sendo investigado pela Delegacia de Homicídios. Segundo a corporação, o segurança Davi Ricardo Moreira Amâncio, de 32 anos, foi preso em flagrante por homicídio culposo, quando não há intenção de matar. Entretanto, o suspeito foi solto após pagar fiança.

O caso causou indignação nas redes sociais, e internautas apontam que Pedro, que era negro, também foi vítima de racismo. (Foto: Imagem de TV/Reprodução)

Um vídeo gravado por testemunhas mostra Davi Moreira sobre o corpo de Pedro, mesmo depois que pessoas em volta alertaram que ele tinha parado de se mexer e estava sufocado. Familiares do jovem estavam no mercado e testemunharam a cena.

O Corpo de Bombeiros foi acionado para socorrer o rapaz e informou que ele foi reanimado e encaminhado ainda com vida para o Centro de Emergência Regional da Barra da Tijuca.

A Secretaria Municipal de Saúde esclareceu que a vítima deu entrada na unidade já com quadro de parada cardiorrespiratória. Ele ainda foi reanimado, mas sofreu outras duas paradas cardiorrespiratórias e não resistiu.

O caso causou indignação nas redes sociais, e internautas apontam que Pedro, que era negro, também foi vítima de racismo.

Em nota, a rede de supermercados Extra informou que repudia veementemente qualquer ato de violência em suas lojas. O texto diz ainda que a empresa abriu investigação interna para apurar o caso e que os seguranças envolvidos foram imediatamente afastados.

Notícias Relacionadas

1 Comentário

  1. DanAQ

    PRAXE: “… Extra informou que repudia veementemente qualquer ato de violência em suas lojas … os seguranças envolvidos foram imediatamente afastados. …”

    (http://g1.globo.com/minas-gerais/noticia/2015/05/usuario-do-move-e-agredido-por-fiscais-em-vespasiano-na-grande-bh.html) Usuário do Move é agredido por fiscais em Vespasiano, na Grande BH: “…A Secretaria de Estado de Transportes e Obras Públicas (Setop) foi procurada e informou que repudia qualquer tipo de postura que não seja de civilidade. O órgão determinou que o consórcio Linha Verde, responsável pelo Move na Estação Morro Alto, afaste imediatamente os dois fiscais…”

    Enquanto se “… “repudia” … “afasta” … “ o nível de violência evolui:

    (http://www.vitrinesantaluzia.net/2015/08/garcom-baleado-por-fiscais-do-move.html) Garçom baleado por fiscais do MOVE morre em Hospital de BH
    (http://g1.globo.com/pr/parana/noticia/2014/09/jovem-entra-em-onibus-sem-pagar-e-morre-esfaqueado-diz-policia.html) Jovem entra em ônibus sem pagar e morre esfaqueado, diz polícia

    DanAQ
    Santa Luzia, região metropolitana de Belo Horizonte – Minas Gerais
    domingo, 17 de fevereiro (02) de 2019

    Reply

Deixe uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *