Vale esconde o cachê de ‘comitê independente’

O momento exato em que a barragem da mina do Córrego do Feijão, em Brumadinho (MG), rompeu. (Foto: Reprodução/Diário do Poder)

CLÁUDIO HUMBERTO

A Vale esconde o cachê dos membros do “comitê independente” que vai “apurar as causas da tragédia” de Brumadinho. O objetivo seria a obtenção de um documento que venha a ser útil à defesa dos diretores da empresa. A ministra aposentada do STF Ellen Gracie, uma das advogadas mais admiradas do País, vai chefiar o “comitê”. Parecer de jurista com a sua credibilidade pode custar de R$10 a R$40 milhões.

PURO DEBOCHE
A Vale reservou R$35 milhões para distribuir indignos R$100 mil a cada família dos presumíveis 350 mortos pela barragem da Vale.

O QUE É RUIM…
Esta coluna perguntou à Vale claramente quanto vai custar seu “comitê Independente”. Sua resposta: “Esta informação não está disponível”.

CADEIA À VISTA
A deputada Joice Hasselmann (PSL-SP) propôs CPI para investigar a catástrofe da Vale. “Quero botar malandro na cadeia”, disse ela.

SAÚDE INDÍGENA
Tenente do Exército brasileiro e dona de um currículo invejável, Silvia Nobre deve assumir o cargo de titular da Secretaria Especial de Saúde Indígena, do Ministério da Saúde. Silva é índia da etnia Waiãpi.

CHÁS DE CADEIRA
Políticos experientes andam preocupados com o tratamento concedido no Planalto a deputados e senadores aliados do governo. Não é bom para quem precisa votos para aprovar a reforma da Previdência.

QUEROSENE MAIS BARATO
O governo de São Paulo reduziu o ICMS do querosene de aviação de 25% para 12% e as empresas. aéreas se comprometeram a criar 490 voos semanais. O governo do DF também reduziu o ICMS.

EXPERIÊNCIA NO MISTER
O chanceler Ernesto Araújo cedeu a diplomata Carla Barroso Carneiro ao Ministério da Cidadania. Ela tem experiência. Nos governos do PT atuou com denodo na Casa Civil e com Aloizio Mercadante, no MEC.

MINISTRO FORA
Carlos Alberto Decotelli foi enfim nomeado presidente do Fundo Nacional da Educação (FNDE), nesta terça (5). A indicação não passou pelo crivo prévio do ministro da Educação, Ricardo Vélez.

PARCEIRO SEGURO
O embaixador da Espanha no Brasil, Fernando García Casas, visitou o ministro Augusto Heleno (GSI) esta semana para tratar de avanços na parceria e cooperação dos dois países na área de segurança.

CARTEIRA NA MÃO
A expectativa de dias melhores foi observada no aumento de 5% nas emissões de carteiras de trabalho ano passado: cinco milhões, segundo o Ministério da Economia. Agora só faltam os empregos.

BARRAGENS EM RISCO
Das 24 mil barragens, 3.543 estão na Categoria de Risco e 5.459 com Dano Potencial Associado. As demais 723 são classificadas como alta Categoria de Risco e de alto Dano Potencial Associado.

PENSANDO BEM…
…a disputa de sábado foi a segunda eleição do governo Bolsonaro.

Coluna de Cláudio Humberto. Clique AQUI e leia mais.

Notícias Relacionadas

Deixe uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *