Interpol: armas ilegais matam 245 mil anualmente em todo o mundo

Agência Lusa

Cartagena (Colômbia) – As armas ilegais matam anualmente 245 mil pessoas em todo o mundo, informou a Organização Internacional de Polícia Criminal (Interpol), em sua 82ª Assembleia Geral, que começou hoje (21) em Cartagena. “Sem contar com os mortos em guerras, a cada 75 segundos, é assassinado pelo menos um ser humano no mundo com armas de fogo ilegais. São 245 mil crimes a cada 365 dias”, informou um comunicado da Interpol divulgado pela polícia colombiana.

De acordo com estudos internacionais citados pela Interpol, há mais de 650 milhões de armas na posse de civis em todo o mundo – com os Estados Unidos em primeiro lugar na lista de países, com mais de 270 milhões de armas. A Interpol considera o uso ilegal de armas de fogo “uma ameaça à segurança dos cidadãos, à paz, à estabilidade e ao desenvolvimento de todo o planeta” e, para combater esse uso, tem um quadro de referência com informação sobre 250 mil tipos de armas.

O tema da assembleia é Interpol: 190 Países, Uma Visão para Um Mundo Mais Seguro. O evento, que vai até quinta-feira (24), reúne cerca de 1,5 mil delegados que analisam questões como o tráfico de droga e de armas, o terrorismo e a segurança nas fronteiras.

Notícias Relacionadas