Copa das Confederações terá somente 1,5% de torcedores estrangeiros em Salvador

Na Arena Fonte Nova, 74,2% dos ingressos da Copa das Confederações foram comprados pelos baianos.
Na Arena Fonte Nova, 74,2% dos ingressos da Copa das Confederações foram comprados pelos baianos.
REDAÇÃO DO JORNAL DA MÍDIA *

Salvador – Somente 1,5% dos torcedores que assistirão aos jogos da Copa das Confederações em Salvador são de outros países. A capital baiana só perde para Brasília (0,6%) na presença de estrangeiros em toda a competição. Ou seja: como a capacidade da Arena Fonte Nova é de 55 mil torcedores, em cada jogo Salvador receberá menos de 1.000 torcedores de outros países.

Em todo o país, Fortaleza, que há muito tempo vem se destacando como um dos principais pontos de turismo do país, é a cidade que receberá maior número de torcedores de outros países.

A capital do Ceará aparece no ranking divulgado pela Fifa com o percentual de 4,7% de estrangeiros nos jogos da Copa das Confederações.

Em segundo lugar surge o Rio de Janeiro, com 3,6%, e em terceiro Belo Horizonte, com 3,1% e Recife, com 2,1%.

Fonte: Fifa
Fonte: Fifa

O jogo de abertura da Copa das Confederações está marcado para o dia 15 deste mês, entre as seleções do Brasil e do Japão, no Estádio Nacional de Brasília/Mané Garrincha. Segundo os dados da Fifa, a capital federal registra 80,7% dos ingressos vendidos para o público local, 18,7% para torcedores de fora de Brasília e 0,6% para estrangeiros.

Segundo os dados da Fifa, a capital federal registra 80,7% dos ingressos vendidos para o público local, 18,7% para torcedores de fora de Brasília e 0,6% para estrangeiros.

Os ingressos para os jogos de abertura e encerramento da competição e das partidas da seleção brasileiras já estão esgotados. Quem desejar comprar bilhetes para os demais jogos pode acessar o portal Fifa.

* Com informações da Agência Brasil.

Notícias Relacionadas

1 Comentário

  1. Harrison Gregory

    Segundo os dados da Fifa, a capital federal registra 80,7% dos ingressos vendidos para o público local, 18,7% para torcedores de fora de Brasília e 0,6% para estrangeiros.

Comentários estão suspensos