Despesa com servidores públicos federais sobe a R$ 226 bilhões

CLÁUDIO HUMBERTO

Despesas com pessoal e encargos sociais da administração pública federal vão totalizar R$ 226 bilhões, em 2013, incluindo civis e militares, ativos e inativos, servidores do Distrito Federal e pessoal remanescente dos extintos territórios. É o que prevê o projeto de Lei Orçamentária, a ser votado nas próximas semanas. Somente no Poder Executivo, despesas de pessoal este ano chegarão a R$ 162,9 bilhões.

A conta é nossa – O Poder Judiciário vai gastar R$ 23,9 bilhões com pessoal, o Legislativo R$ 7,9 bilhões e o Ministério Público da União 3,2 bilhões.

Média elevada – Os servidores federais já recebem um salário médio R$ 9,6 mil mensais, três vezes superior à media salarial do setor privado.

Números da farra – A Presidência da República tinha 1,1 mil cargos de livre provimento no governo FHC. No governo Lula, foram a 3,2 mil e a 4 mil na era Dilma. (Coluna de Cláudio Humberto)

Notícias Relacionadas

1 Comentário

  1. comadre

    o que eleva as contas do governo substancialmente são esses tais cargos, porque fogem ao controle…. Em menos de dez anos cresceu quatro vezes e depois o próprio governo fica reclamando dos gastos com funcionalismo. Essa média de salário é surreal, pois o funcionalismo em sua grende maioria ganha mincharia…

Comentários estão suspensos