Fiscais acusados de assédio moral no aeroporto de Brasília

CLÁUDIO HUMBERTO

A Receita Federal está às voltas com denúncias de humilhações e assédio moral no desembarque de vôos internacionais, em Brasília. Fiscais até obrigam passageiros a sentar-se diante de computador e preencher a própria autuação. Um deles, identificado por Jânio, irritado por nada encontrar nas malas reviradas de um jovem casal, retirou e desdobrou calcinhas da moça, uma a uma, com sorriso provocador e nervoso nos lábios. Parecia tentar forçar o rapaz a perder a calma.

Já foi melhor – A atitude dos fiscais da Receita surpreende quem estava habituado à cordialidade desde a inauguração de voos internacionais, em Brasília.

Aviso prévio – Funcionários da Receita afirmam que os colegas lotados no aeroporto de Brasília estariam ameaçando greve ou em plena “operação padrão”.

Corregedoria – A Receita prometeu “levantamento” de denúncias contra seus fiscais. E informou que o contribuinte pode denunciar abusos a sua corregedoria. (Coluna de Cláudio Humberto)

Notícias Relacionadas