Lula pede ao STF suspensão de investigações de triplex e sítio

Defesa de Lula alega que MP Federal e Estadual investigam os mesmos fatos.  (Foto: Reprodução/Facebook)
Defesa de Lula alega que MP Federal e Estadual investigam os mesmos fatos. (Foto: Reprodução/Facebook)

A defesa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva pediu nesta sexta-feira (26) ao Supremo Tribunal Federal (STF) que investigações em curso sobre propriedades atribuídas a ele sejam realizadas fora da Operação Lava Jato.

No pedido, a defesa alega que não cabe ao Ministério Público Federal, mas, sim, ao MP do estado de São Paulo, apurar reformas num apartamento no Guarujá (SP) e num sítio em Atibaia (SP), que teriam sido feitas em favor da família do petista por construtoras investigadas no escândalo da Petrobras.

A ação movida pelos advogados de Lula inclui ainda um pedido de decisão liminar (provisória) para suspender as duas investigações em curso sobre o ex-presidente, uma conduzida pelo MP Federal e outra pelo MP estadual.

O pedido foi encaminhado, por sorteio, para a ministra Rosa Weber, que poderá colher parecer do procurador-geral da República, Rodrigo Janot, – chefe do Ministério Público da União (que engloba o MP Federal e o estadual) – para avaliar o caso.

A suspensão das investigações também levaria ao adiamento de um depoimento do ex-presidente marcado para a manhã da próxima quinta-feira (3). (G1-Brasília/Renan Ramalho)

Notícias Relacionadas