Júnior Cigano nocauteia Derrick Lewis no UFC e se reaproxima do cinturão

Júnior Cigano venceu Derrick Lewis por nocaute técnico a 1m58s do segundo round, na luta principal do UFC Wichita, no Kansas (EUA), sediado na noite de sábado.

Júnior Cigano deu um grande passo rumo ao cinturão peso-pesado na noite do último sábado (09). O brasileiro mostrou que está com o boxe afiado e nocauteou Derrick Lewis no segundo round, na luta principal do UFC Wichita. O ex-campeão agora possui três vitórias consecutivas e deve dar um belo salto no ranking, já que Lewis era o terceiro colocado.

“Eu não me importo com quem vou lutar em seguida, desde que eu me mantenha ativo. Eu quero lutar. Estou aqui para lutar novamente e conquistar de novo o meu cinturão”, disse o brasileiro no octógono, que também cantou parabéns ao seu filho Bento, que completa dois anos.

Cigano e Lewis sabiam que o ponto forte de ambos era a trocação – e logo foram com tudo um para cima do outro. O norte-americano chegou a acertar bons golpes no brasileiro, mas Cigano absorveu bem as investidas de Lewis. O ex-campeão então passou a pressionar e acertou um forte overhand no rival, que sentiu o golpe, mas não se abalou e continuo caminhando para frente.

Logo em seguida, uma cena curiosa. Lewis sobrou os joelhos e fez cara de dor após um chute giratório de Cigano. O brasileiro então partiu para cima, mas o norte-americano pareceu estar fingindo e acertou uma bomba no ex-campeão. Cigano chegou a cair, mas se levantou e continuou a se movimentar e pressionar o rival.

No segundo round, porém, a superioridade do brasileiro no boxe apareceu. Lewis recuava com os golpes de Cigano, que foi ficando cada vez mais próximo do nocaute. Depois de fintar bem os jabs, Cigano acertou um forte direto no rival, que acusou o golpe e tentou fugir. O ex-campeão então foi pra cima e com uma boa sequência mandou Lewis para o solo, terminando o duelo no ground and pound.

Com o triunfo, Cigano empata com Cain Velasquez e o próprio Lewis como o peso-pesado que mais nocauteou no UFC (10), além de estar atrás apenas de Andrei Arlovski e Frank Mir (16) como o atleta que mais venceu na categoria (15).

Fonte: UFV/Site Oficial

Notícias Relacionadas

Deixe uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *