Campanha Nota Premiada registra quase 12 mil cadastros na Rede SAC

Nota Premiada Bahia destinou R$ 20,7 milhões a entidades filantrópicas em 2018. Próximo sorteio especial de R$ 1 milhão: 20 de março.

Em junho de 2018, os cidadãos baianos passaram a utilizar a Rede SAC para realizar o cadastro na campanha Nota Premiada Bahia. De lá pra cáforam registrados quase 12 mil cadastros em 40 unidades da rede, além das três carretas do SAC Móvel. Em cada posto SAC, há servidores aptos a orientar e informar sobre os benefícios da campanha, e as pessoas já podem fazer o cadastro na hora. A ação é uma parceria da Secretaria da Fazenda (Sefaz) e Secretaria da Administração (Saeb).

Na capital, o SAC Cajazeiras, com 3.123 cadastros, liderou o número de registros no período. Em seguida veio o posto do Shopping Paralela, com 2.773. O SAC Simões Filho, na Região Metropolitana de Salvador (RMS), ficou em terceiro, anotando 1.569 cadastros. No interior, a liderança foi do posto Feira II, com 322, seguido por Conquista I, com 156. Dentre os Pontos SAC, quem garantiu mais cadastros foi Serrinha, com 105.

Para o superintendente de Desenvolvimento da Gestão Fazendária da Sefaz, Félix Mascarenhas, a adesão ao programa é, acima de tudo, mais um ato de exercício pleno de cidadania. “O cidadão tem ajuda da equipe SAC no cadastramento, tirando dúvidas sobre o programa, e esclarecendo sobre a importância da emissão da nota fiscal. Isso gera um ciclo positivo, pois, além de inibir a sonegação, coíbe a concorrência desleal, tendo em vista que reduz a possibilidade do sonegador levar vantagens sobre o contribuinte que cumpre todas suas obrigações tributárias”, explicou.

Para a diretora Operacional da Superintendência de Atendimento ao Cidadão (SAC), Carla Santiago, os números demonstram que o cidadão baiano abraçou o incremento do programa na rede SAC. “A gente sente orgulho de estar prestando mais este valioso serviço para as pessoas. Este programa, além de favorecer diretamente o cidadão, ainda beneficia diversas instituições sociais e de saúde”, ressaltou.

Notícias Relacionadas

Deixe uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *