Vitória leva 3 a 0 do Cruzeiro e está praticamente rebaixado para a Série B

Noite de terror para o zagueiro Aderllan: fez um gol contra e cometeu um pênalti.

O Vitória está com o pé na Série B de 2018. Com mais uma derrota, desta vez para o Cruzeiro por 3 a 0, no Mineirão, o Rubro-negro baiano praticamente carimbou o rebaixamento para a segunda divisão, pois vai precisar vencer os últimos dois jogos, contra Grêmio, em casa, e Palmeiras, fora, e depender de outros resultados para fugir da degola. Já o Cruzeiro sobe para o oitavo lugar e apenas cumpre tabela. O destaque negativo do time baiano foi o zagueiro Aderllan, que marcou um gol contra e ainda cometeu um pênalti.

Na próxima rodada, o Cruzeiro joga novamente como mandante. A Raposa enfrenta o Flamengo, no Mineirão. Já o Vitória recebe o Grêmio no Barradão. Ambos jogam no domingo, às 17h (de Brasília).

O Jogo – O jogo começou bastante disputado e a primeira boa chance de gol do Cruzeiro saiu somente aos 18 minutos. Depois da cobrança de escanteio, o zagueiro Léo subiu mais que a zaga e cabeceou pelo lado esquerdo do gol de João Gabriel. No lance seguinte, o lateral direito Ezequiel recebeu ótima bola e cruzou, o goleiro baiano espalmou para o meio da área e a zaga afastou o perigo antes que algum jogador celeste completasse. Aos 25 minutos, falta na intermediaria. Patrick Brey passou pela bola, Robinho rolou e Lucas Silva soltou a bomba em direção ao gol, João Gabriel fez grande defesa para escanteio. Três minutos depois, ótima tabela entre Robinho e Fred.

Patrick Brey fez grande partida – Foto: Vinnicius Silva/Cruzeiro/Divulgação

O centroavante devolveu de calcanhar e Robinho arriscou para o gol, mas a bola foi pela linha de fundo.Com 31 minutos, o Cruzeiro criou ao melhor chance de gol até o momento no jogo. Patrick Brey recebeu na área, pela esquerda, deu um lindo drible no seu marcador e bateu de direita, João Gabriel defendeu com o pé aquele que seria o primeiro gol da partida.

O Vitória chegou com perigo aos 41 minutos. Yago cobrou falta pela direita e Léo Ceará cabeceou por cima do gol de Rafael. O Cruzeiro voltou a atacar com perigo um minuto depois, aos 42 minutos, e abriu o placar no Mineirão. Ezequiel recebeu ótimo passe de Robinho e cruzou forte para área, Aderllan, zagueiro do Vitória, foi tentar cortar e mandou para o próprio gol. 1 a 0 Cruzeiro.

No fim do primeiro tempo o goleiro Rafael fez uma grande defesa e evitou o empate. Benitez bateu o escanteio e a bola fez uma curva impressionante, o goleiro cruzeirense voou de mão trocada e jogou a bola para fora.

Segundo tempo

A primeira chance da etapa complementar foi do adversário. Logo com um minuto, Lucas recebeu pela direita e cruzou rasteiro, Neilton, que tinha entrado no lugar de Filipe Souto, furou e Manoel afastou o perigo. Aos nove minutos, boa jogada do Cruzeiro, Fred recebeu dentro da área e serviu Robinho, o meia cruzou de primeira para área e a bola pegou no braço de Aderllan, pênalti marcado.

Fred foi para a cobrança e colocou no canto direito de João Gabriel que pulou para o outro lado. 2 a 0 Cruzeiro.O Cruzeiro era muito superior no jogo e por pouco não ampliou o placar aos 13 minutos. Fred tabelou com Ezequiel e botou o lateral de frente para o goleiro, de calcanhar, Ezequiel chutou e João Gabriel fez grande defesa. Cinco minutos depois, novamente Ezequiel por pouco não ampliou o marcador.

O lateral recebeu excelente passe de Robinho e soltou a bomba, a bola explodiu no travessão de João Gabriel.Três minutos depois, outra grande chance criada do time celeste. Bate rebate na área baiana e a bola sobrou para Rafinha, o meia arriscou de primeira e João Gabriel fez a defesa parcial, David pegou o rebote e mandou por cima do gol.

A pressão era enorme e acabou resultando no terceiro gol. Aos 26 minutos, Patrick Brey recebeu passe de Raniel, que tinha acabado de entrar no posto de David e cruzou para área, rasteiro, Fred pegou de canhota e mandou no canto direito de João Gabriel, marcando o seu segundo gol no jogo. 3 a 0 Cruzeiro.

Notícias Relacionadas