Senador pedirá prisão de Gabrielli se ele ”mentir de novo”

O senador Mário Couto, do PSDB, prometeu pedir prisão do ex-presidente da Petrobras José Sérgio Gabrielli “se ele mentir de novo” para “isentar a presidente Dilma Rousseff” de responsabilidade sobre a fatídica compra da refinaria de Pasadena, nos EUA.

“Quando a imprensa veio, ele falou uma coisa e ficou gravado. No depoimento ele não pode desdizer. Tu já falaste. Estás condenado à mentira. Se tu mentires na minha frente eu vou mentir a tua prisão, Gabrielli. Não se pode mentir dentro de uma CPI e a tua mentira está gravada”, disse o senador.

Para acusar Gabrielli de ter mentido, o tucano lembrou as declarações feitas pelo ex-gestor ao jornal O Estado de São Paulo. “Lá tu fostes muito claro. Disseste que a Dilma tinha a ver, que ela era a responsável. Mas aí te chamaram lá (no PTO, acertaram não sei o que, e aí tu vieste à CPI e disseste: ‘oh, a minha madrinha não se meteu em absolutamente nada’. Agora tu vais ter que responder na CPI mista a mim”.

O senador também classificou como “mentiroso” o depoimento da atual presidente da estatal, Graça Foster, na audiência pública realizada na Casa e a acusa de ter beneficiado o marido por indicá-lo em contratos na Petrobras. Por conta disso, pediu ao Ministério Público que ela fosse afastada do cargo. (Brasil 247)

Notícias Relacionadas