Lídice da Mata pode entregar cargos e diz que é candidata à sucessão de Wagner

A senadora Lídice da Mata (PSB-BA) admitiu a possibilidade de colocar os cargos do PSB no plano estadual à disposição do governador Jaques Wagner, seguindo a posição tomada pelo partido a nível nacional. “É claro que, num limite, no momento em que essas coisas se coloquem como necessárias, nós vamos discutir e vamos tomar a decisão mais coerente com o momento. Não é o caso de agora”, sustentou a senadora, em entrevista a uma emissora de rádio de Salvador.

Lídice reafirmou que o PSB terá candidatura própria à sucessão de Wagner, mesmo sem o apoio do governador. “Muita gente fala que Lídice não pode ser a candidata do governo, inclusive, o próprio governador, porque nosso projeto nacional é prioritário, então nós não podemos apoiar Lídice porque ela será candidata de Eduardo. Havendo uma negativa de uma candidatura na base do governo, ainda assim eu posso ser candidata”.

Lídice entende que reúne condições para ser candidata, independente da postura do PT ou do governador. “Eu luto para ser a candidata do governo, para ser a candidata do governador, porque eu participo desse projeto, sou senadora pela Bahia dentro desse espectro de forças e creio que tenho contribuído decisivamente para o fortalecimento desse projeto”, defendeu.

Notícias Relacionadas