Angelina Jolie reaparece após retirar os seios

Angelina Jolie e Brad Pitt na estreia do filme 'Guerra Mundial Z' (Leon Neal/AFP)
Angelina Jolie e Brad Pitt na estreia do filme ‘Guerra Mundial Z’
Angelina Jolie reapareceu neste domingo em público, duas semanas após revelar que se submeteu a uma dupla mastectomia para reduzir as chances de desenvolver câncer de mama. Acompanhada do marido, Brad Pitt, a atriz marcou presença na estreia em Londres do novo filme dele, Guerra Mundial Z.

O casal passou junto pelo tapete que levava ao cinema de Leicester Square, onde foi projetado o longa no qual Brad Pitt interpreta um funcionário da ONU lutando para salvar o mundo de zumbis. Ambos vestiam preto, estavam bastante sorridentes e deram autógrafos aos fãs que estavam na praça.

Leia também:

Em artigo no jornal The New York Times no último dia 14 de maio, Angelina divulgou que tinha se submetido a uma dupla mastectomia preventiva de câncer de mama, pois tinha 87% de chance de desenvolver a doença, por uma herança genética. Dias depois, uma tia dela morreu exatamente por este tipo de tumor.

“Assim que eu soube qual era a minha condição, decidi ser proativa e minimizar o risco tanto quanto eu pudesse”, escreveu a atriz de 37 anos. Todo o processo durou três meses, entre fevereiro e abril. Ao final do procedimento, Angelina reconstruiu os seios com implantes. “Aconteceram muitos avanços nesta área nos últimos anos, e os resultados podem ser belos”, acrescentou.

Por causa de seu gene BRCA1 “defeituoso”, Aneglina também tem 50% de chance de desenvolver um tumor maligno nos ovários – que também serão removidos em uma cirurgia próxima. Alguns profissionais da saúde recomendam que os pacientes sejam submetidos à cirurgia por volta dos 40 anos de idade, ou quando uma mulher não deseja ter mais filhos, mesmo correndo o risco de antecipar a menopausa. (Veja Online)

Notícias Relacionadas