São Paulo goleia Universidad de Chile e está na semifinal da Copa Sul-Americana

São Paulo – Depois da vitória no jogo de ida, o São Paulo recebeu a Universidad de Chile (CHI) buscando a classificação para as semifinais da Copa Sul-Americana e garantiu vaga na próxima fase com a goleada por 5 a 0 no Pacaembu.

Maicon arriscou o chute no começo da partida e a defesa da Universidad conseguiu o corte. Jadson aos quatro minutos, fez a jogada pelo meio, tirou o zagueiro e bateu de fora da área para abrir o placar no Pacaembu.

Lorenzetti tentou o cruzamento para a área e Rogério Ceni ficou com a bola. Aranguíz bateu falta aos 11 minutos e o goleiro do São Paulo teve de afastar a bola da área. A equipe chilena tentava colocar-se perto da área e não deixar o São Paulo ficar com o contra-ataque.

Douglas arriscou o chute da entrada da área e mandou por cima da trave de Johnny Herrera. Aranguíz tentou a resposta em outra cobrança de falta, que acabou nas mãos de Rogério Ceni.

Aos 21 minutos, Lucas marcou o segundo gol da partida. No contra-ataque, o camisa 7 partiu com a bola, driblou González e ficou tranquilo para bater sem chances de Johnny Herrera defender.

Aranguíz tentou o cruzamento para Acevedo, mas ele não conseguiu finalizar bem a jogada. A aposta do São Paulo seguia sendo o contra-ataque, aproveitando-se dos erros no toque de bola da Universidad. Assim, surgiu o terceiro gol, quando Lucas conseguiu a posse de bola e fez o passe para Luís Fabiano bater por cobertura e colocar a bola dentro do gol chileno.

Lucas tentou tirar Rojas da jogada, mas acabou perdendo a bola para o adversário. Aos 40, mais uma cobrança de falta do time chileno e Aranguíz manda a bola pela linha de fundo. Ubilla, aos 43, tentou o chute da entrada da área, levando perigo para a meta de Rogério Ceni.

No começo do segundo tempo, Jadson bateu falta e Rhodolfo desviou de cabeça pela linha de fundo. O São Paulo tentava impor pressão sobre a equipe chilena, que não conseguia acertar o passe.

Gutiérrez bateu falta, mas acabou acertando a barreira. O São Paulo controlava o ritmo de jogo e tocava a bola sem problemas. Aos 16 minutos, Willian José foi lançado na área e chutou para a defesa de Johnny Herrera. Três minutos depois, Rafael Tolói bateu falta e a bola bateu na trave antes de entrar no gol, sacramentando o quarto do time da casa.

Magalhães desviou bola cruzada na área por Aranguíz e a bola passou perto da trave. Aos 28 minutos, em nova cobrança de falta para o São Paulo, a bola passou por Rhodolfo, tocou em Wellington, mas Casemiro não conseguiu aproveitar a chance para empurrar a bola para as redes da Universidad.

Aos 31 minutos, Jadson marcou o quinto do São Paulo ao bater de primeira bola passada na pequena área por Cortez, que conseguiu fazer o drible no defensor antes de invadir a área e entregar a bola ao meia.

Com a classificação já consolidada, o São Paulo passou a tocar a bola e a reduzir a pressão, apenas administrando o resultado e esperando o apito final para comemorar a vaga na fase semifinal.

Agora, o São Paulo espera pela definição dos outros semifinalistas para saber qual será o seu adversário pela vaga na final.

Ficha técnica

São Paulo 5 x 0 Universidad de Chile (CHI)

Local: Paulo Machado de Carvalho (Pacaembu), São Paulo (SP);

Árbitro: Enrique Cáceres (PAR);
Assistentes: Milciades Saldivar (PAR) e Hugo Martinez (PAR);

São Paulo: Rogério Ceni; Douglas, Rafael Tolói, Rhodolfo e Cortez; Wellington, Denilson (Casemiro), Maicon e Jadson; Lucas (Ademílson) e Luis Fabiano (Willian José).
Técnico: Ney Franco.

Universidad de Chile: Johnny Herrera; González, Acevedo e Rojas; Rodriguez, Aranguiz, Martínez (Videla) e Castro (Cereceda); Lorenzetti (Magalhaes), Ubilla e Gutiérrez.
Técnico: Jorge Sampaoli.

Gol: Jadson (SPO) aos 4, Lucas (SPO) aos 21, Luís Fabiano (SPO) aos 28 do primeiro tempo, Rafael Tolói (SPO) aos 19, Jadson (SPO) aos 31 do segundo tempo
CA: Maicon e Wellington (SPO); Acevedo e Martínez (UCH

Notícias Relacionadas