Palmeiras tenta fugir do rebaixamento contra o Inter em Porto Alegre

Porto Alegre – Após ser eliminado nas oitavas de final da Copa Sul-Americana, o Palmeiras volta suas atenções para o principal objetivo desse segundo semestre: evitar o rebaixamento para a Série B. Para isso, o alviverde tem uma missão nada fácil fora de casa. No estádio Beira Rio, em Porto Alegre, a equipe do Palestra Itália enfrenta o Internacional, pela 33ª rodada do Campeonato Brasileiro. Ambos vivem bom momento na competição. Enquanto o Palmeiras venceu os dois últimos jogos, o Inter voltou a sonhar com a Libertatores após derrotar o Vasco (RJ) no Rio de Janeiro.

Com um misto de decepção e alívio, o Palmeiras se despediu da Copa Sul-Americana de forma apática após perder para o Millonarios (COL), por 3 a 0. A competição internacional, no entanto, está longe de ser valorizada pelo clube, já que garantiu a vaga para a Copa Libertadores ao vencer a Copa do Brasil. Na 18ª colocação do nacional, com 32 pontos, o alviverde prega foco total para a partida.

Segundo o volante Wesley, que deve ser titular no confronto, o técnico Gilson Kleina deu indícios que deve utilizá-lo entre os onze iniciais. “Falamos sobre o jogo, precisamos do resultado. Eu sei que tenho pouco tempo para adquirir meu melhor futebol, falei que vou superar na base da vontade. Vamos com humildade, mas com o desejo de vencer. O Inter tem um grande elenco e jogar no Beira Rio sempre é muito difícil”, afirmou.

Além de Wesley, mais cinco mudanças devem ocorrer no time titular. João Denoni, Marcos Assunção e Patrik Vieira formam o meio de campo. No sistema defensivo, Leandro entra no lugar de Juninho e Henrique volta à zaga na vaga de Thiago Heleno, contundido. O atacante Barcos está confirmado e deve ter Luan ou Maikon Leite ao seu lado.

No Inter, a vitória sobre o Vasco na última rodada manteve o time gaúcho na briga por uma vaga no G4 e garantiu o técnico Fernandão no cargo por mais uma partida. Para o comandante colorado, a posição do Palmeiras só dificulta o jogo no Beira Rio. “Vai ser um jogo muito difícil pela motivação que os jogadores adversários estão para tirar o Palmeiras desta situação na tabela (luta contra o rebaixamento). Mas a confiança é que a gente possa manter o nível de atuação”, projeta.

Sobre o time que entra em campo, Fernandão tem três desfalques confirmados. Leandro Damião e Dagoberto estão contundidos, enquanto Ygor cumpre suspensão automática pelo terceiro cartão amarelo. A tendência é que Rafael Moura componha o ataque e Josimar assuma a vaga no meio de campo.

Inter: Muriel; Nei, Rodrigo Moledo, Índio (Juan) e Kleber; Josimar, Guiñazu, Fred e D’Alessandro; Rafael Moura e Forlán.
Técnico: Fernandão.

Palmeiras: Bruno; Arthur, Maurício Ramos, Leandro Amaro e Juninho; João Denoni, Marcos Assunção, Wesley e Patrik Vieira; Luan (Maikon Leite) e Barcos.
Técnico: Gilson Kleina.

Árbitro: Francisco Carlos Nascimento (FIFA-AL);
Assistentes: Rodrigo Pereira Jóia e Ediney Guerreiro Mascarenhas, ambos do Rio de Janeiro;
Adicionais: Célio Amorim e Evandro Tiago Bender, ambos de Santa Catarina;
Quarto árbitro: Jean Pierre Gonçalves (RS);
Local: Estádio Beira Rio, em Porto Alegre (RS);
Data: dia 27 de outubro, às 16h20.

Notícias Relacionadas