Ator russo diz que queimaria gays vivos em um forno

Ivan Okhlobystin
Ivan Okhlobystin
Agência ANSA

Moscou – Ivan Okhlobistin, personalidade russa do cinema e da televisão, alimentou a onda de homofobia registrada na Rússia afirmando que colocaria os gays “vivos em um forno”, pois “são um perigo vivo para meus filhos”.

O ator, pai de seis crianças e padre ortodoxo suspenso, atacou também o “fascismo gay” e pediu que os homossexuais sejam privados do direito de votar, pois o homossexualismo, de acordo com ele, é uma “anomalia psíquica”.

De acordo com o site News.ngs.ru, as declarações foram feitas durante uma reunião com fanáticos na cidade siberiana de Novosibirsk. (Ansa Brasil)

Notícias Relacionadas

2 Comentários

  1. James kirk

    Cuidado homofóbico, você tem seis filhos hein. Quem sabe algum deles já não é um gaysinho ou sapatona e você ainda não sabe, ai quero ver você queimar ele no forno. O que a boca fala a língua paga. Olha a língua jacaré. Graças a Deus você não é ator no meu pais, se não morreria de fome e nunca teria emprego.

Comentários estão suspensos