Wagner aumentou em 17,8% cargos comissionados e agora manda exonerar 10%

Em seis anos, a quantidade de cargos comissionados no governo do estado aumentou 17,8%, ultrapassando o corte de 10% em cargos de confiança anunciados. De acordo com reportagem do Jornal A Tarde, em 2007, eram 8.101 cargos de comissão. Em 2013, o número passou para 9.554. Os dados são relativos a postos na administração direta e indireta (autarquias, fundações, empresas públicas).

Ontem, em decreto publicado no Diário Oficial do Estado, Wagner determinou a exoneração de 10% dos cargos de confiança. O Estado está com um rombo de R$ 2,6 bilhões em seu orçamento e enfrenta grave crise financeira. Fornecedores estão sem receber há seis meses.

A Bahia adiquiriu, em 2008, um déficit no Caixa de R$ 277 milhões. No ano seguinte, uma dívida superior a R$ 973 milhões e, nos anos de 2011 e 2012, mais um déficit de R$ 137 milhões e outro de R$ 205 milhões, respectivamente.

Notícias Relacionadas