Nelson Mandela está “mais alerta” e já consegue sentar

Karine Melo
Repórter da Agência Brasil 

Brasília- O ex-presidente da África do Sul, Nelson Mandela, hospitalizado há dois meses em Pretória, já é capaz de sentar e está mais “alerta”, segundo informações da filha Zindzi Mandela para a televisão pública SABC.

Ela disse que o líder sul-africano consegue sentar em uma cadeira durante alguns minutos por dia. “A cada dia ele está mais alerta”, disse. Zindzi fez um apelo para que as pessoas parem de dizer à família que o tempo de Mandela chegou ao fim. “Nós olhamos para este homem que está dizendo ‘eu não vou embora’.”

Nelson Mandela, de 95 anos, foi hospitalizado no dia 8 de junho com uma infeção pulmonar. De acordo com as últimas declarações das autoridades sul-africanas, o estado de saúde dele é “crítico, mas estável”.

Os problemas pulmonares de Mandela podem estar relacionados às sequelas de uma tuberculose contraída na ilha-prisão de Robben Island, onde passou 18 dos seus 27 anos de prisão.

Nascido em 18 de julho de 1918, Nelson Mandela foi eleito em 1994 primeiro presidente negro da África do Sul, depois de décadas de luta contra o regime segregacionista da minoria branca que governou o país.

Herói da luta contra o apartheid, liderou com o último presidente imposto pela minoria branca, Frederik de Klerk, uma transição para a democracia baseada na reconciliação nacional, o que lhe rendeu o prêmio Nobel da Paz em 1993. Sua última aparição pública foi na cerimônia de encerramento da Copa do Mundo de Futebol de 2010, disputada na África do Sul.

Notícias Relacionadas