Cidades norte-americanas interrompem serviços para evitar danos do Furacão Sandy

Renata Giraldi
Agência Brasil

Brasília – Várias cidades norte-americanas interromperam alguns serviços públicos, como transporte e aulas nas escolas, em decorrência da possibilidade de o Furacão Sandy chegar hoje (29) à Costa Leste dos Estados Unidos. A cidade de Nova York praticamente parou, suspendendo o funcionamento do metrô, dos ônibus e trens, além dos colégios.

Mais de 7.600 voos foram cancelados e a empresa Amtrak suspendeu trens no Leste do país. Escolas em Nova York, Filadélfia, Boston, Washington e Baltimore não funcionarão hoje. O prefeito de Nova York, Michael Bloomberg, determinou a retirada de 375 mil pessoas como medida preventiva. O furacão deixou mais de 40 mortos em sua passagem por Cuba, pelo Haiti e pela Jamaica.

A estimativa é que tempestade ameace cerca de 50 milhões de pessoas na região mais populosa dos Estados Unidos, em um raio de 1.300 quilômetros que vai da Costa Leste do país à região dos Grandes Lagos.

O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, e o republicano Mitt Romney, que disputam as eleições no próximo dia 6, suspenderam diversos eventos da campanha presidencial. A votação antecipada, que seria realizada em diversos estados, também foi cancelada.

Notícias Relacionadas