Jornal da Mídia - Notícias em Cima da Hora  

CapaClassificados Recomende o JM Fale ConoscoAnuncie Aqui
Quinta-feira, 23 de Outubro de 2014    H
Publique nosso noticiário em seu site como se ele fosse seu. É grátis e fácil!!!











Um produto da
Texto Pronto Comunicação

:: Mundo ::
Segurança
Estados Unidos querem escudo antimíssil contra o Irã
  • Agência Lusa
  • Sábado, 31/03/2012 - 17:33

    Brasília - A secretária de Estado norte-americana, Hillary Clinton, defendeu hoje (31) em Riad, na Arábia Saudita, em um discurso durante a primeira reunião do fórum de segurança que reúne os Estados Unidos e os países do Conselho de Cooperação do Golfo (CCG), a ideia de um escudo de defesa antimíssil contra o Irã.

    Hillary disse que há um compromisso sólido e inabalável do seu país em relação à Arábia Saudita, o Bahrein, os Emirados Árabes Unidos, Omã, Catar e Kuwait, países sunitas preocupados com o seu vizinho iraniano xiita.

    A secretária defendeu “passos específicos para consolidar a segurança mútua”, ajudando os exércitos a melhorarem o modo como operam em conjunto “para garantir a segurança das rotas marítimas e em matéria de mísseis de defesa” e a coordenação “das respostas às crises”.

    Hillary disse ainda que quer discutir estratégias para evitar que o Irã desenvolva uma arma nuclear e limitar a interferência de Teerã nos assuntos dos seus vizinhos.

    A chefe da diplomacia norte-americana disse também que deseja trabalhar com os seus homólogos do CCG para acabar com a violência na Síria e sublinhou a importância desses encontros, na véspera da reunião dos “Amigos da Síria” em Istambul.

    Os Estados Unidos suspeitam de que o Irã fornece armas ao regime sírio para reprimir os protestos que já causaram, segundo as Nações Unidas, mais de 9 mil mortos desde março de 2011.

    Hillary falou ainda que quer, juntamente com as autoridades dos países do Golfo, "acabar com o derramamento de sangue na Síria, apoiar as transições políticas nos países do Norte de África e da região e integrar totalmente o Iraque nesta região”.

    Segundo um responsável do Departamento de Estado, Hillary teria pedido nos seus encontros com responsáveis sauditas o reforço das sanções ao Irã, assim como o envio de ajuda humanitária para a Síria e os esforços para levar a oposição síria a apresentar uma visão unida para o futuro.

    << Notícia Anterior | Próxima Notícia >>



    Leia Também


    JM EXPRESS - Receba gratuitamente nosso boletim diário via email
    Primeiro Nome:
    Profissão:
    E-Mail:
    Assinar  
    Cancelar  
    Confirme o cadastramento respondendo ao email que você receberá.

    << Voltar Voltar   Recomende o JM Recomendar o JM   Imprimir Página Imprimir Página  

    BLOG DO JM

    ALÔ BAHIA

    :: Plantão


    :: Enquete
    A enquete está temporariamente fora do ar para manutenção.
    Desculpe-nos pelo transtorno.

    Esta enquete não tem valor científico e não representa a opinião do Jornal da Mídia


    CapaClassificados Recomende o JM Fale ConoscoAnuncie Aqui

    Copyright 2001-2011 Jornal da Mídia. Todos os direitos reservados.