Jornal da Mídia - Notícias em Cima da Hora  

CapaClassificados Recomende o JM Fale ConoscoAnuncie Aqui
Terça-feira, 2 de Setembro de 2014    H
Publique nosso noticiário em seu site como se ele fosse seu. É grátis e fácil!!!











Um produto da
Texto Pronto Comunicação

:: Bahia ::
Segurança
Acusados de homicídio em Pirajá são presos pela polícia
Quinta-feira, 29/03/2007 - 22:40

Salvador - Acusados de envolvimento em vários homicídios e com o tráfico de drogas, sete homens capturados no bairro de Pirajá e adjacências foram apresentados, hoje à tarde (29), à imprensa, pelo Grupo Especial de Repressão a Crimes de Extermínio (GERCE), no prédio da Polícia Civil, na Praça da Piedade. Luís Carlos Teixeira Leal (Parrudo), Marcelo de Jesus da Silva (Anão), Evaldo da Silva Macedo, Evanildo da Silva, Valmir Amorim Santos, José Carlos da Conceição Venegoreles (Tai) e Ademir Bispo (Duque), todos com prisões preventivas decretadas, estão custodiados na sede da Polinter, à disposição da Justiça Criminal.

Liderado por João Teixeira Leal (Jão), que está foragido, o grupo acusado de extermínio na região de Pirajá é o vigésimo desarticulado pela Polícia desde a criação do GERCE. Também já foram apreendidas 59 armas de fogo, 16 quilos de droga e 23 veículos, segundo informou o diretor da Polinter e coordenador do GERCE, delegado José Walter Seixas. Foram ainda expedidos 228 mandados de prisão, 172 dos quais cumpridos.

De acordo com a delegada Luciana Cortes dos Anjos, que preside os inquéritos, as investigações sobre a quadrilha de João Teixeira Leal começaram em 29 de outubro do ano passado, com o triplo homicídio ocorrido no Alto do Cabrito, tendo como vítimas Junê Péricles dos Santos Santana, de 40 anos, Igor Leonardo Cruz da Silva, de 26 anos, e Joílson dos Santos Santana. Acusados de envolvimento com o tráfico de drogas, Junê, seu companheiro Igor e o filho dela, Joílson, foram mortos em via pública – crime presenciado por testemunhas da família, que deram à Polícia as primeiras pistas sobre os autores.

A Polícia já identificou vítimas de, pelo menos, sete homicídios, dentre elas, George Rocha Santos, cujo corpo foi encontrado enterrado no Parque São Bartolomeu, Isaías Nunes Tavares e Carlos Soares.

Os traficantes Valnei Oliveira dos Santos, Ronildo Barbosa dos Santos, Eduardo dos Santos, Jameson Barbosa dos Santos e Iuri Rafael dos Santos, que também integram a quadrilha, estão foragidos. Além de Pirajá, o bando atuava em Marechal Rondon e na área do Parque São Bartolomeu.

| Próxima Notícia >>

Leia Também


JM EXPRESS - Receba gratuitamente nosso boletim diário via email
Primeiro Nome:
Profissão:
E-Mail:
Assinar  
Cancelar  
Confirme o cadastramento respondendo ao email que você receberá.

<< Voltar Voltar   Recomende o JM Recomendar o JM   Imprimir Página Imprimir Página  

BLOG DO JM

ALÔ BAHIA

:: Plantão


:: Enquete
A enquete está temporariamente fora do ar para manutenção.
Desculpe-nos pelo transtorno.

Esta enquete não tem valor científico e não representa a opinião do Jornal da Mídia


CapaClassificados Recomende o JM Fale ConoscoAnuncie Aqui

Copyright 2001-2011 Jornal da Mídia. Todos os direitos reservados.