Jornal da Mídia - Notícias em Cima da Hora  

CapaClassificados Recomende o JM Fale ConoscoAnuncie Aqui
Quinta-feira, 31 de Julho de 2014    H
Publique nosso noticiário em seu site como se ele fosse seu. É grátis e fácil!!!











Um produto da
Texto Pronto Comunicação

:: Bahia ::
Negócios
Nestlé Brasil inaugura fábrica em Feira de Santana
Sexta-feira, 09/02/2007 - 09:37

Feira de Santana (BA), 9 de fevereiro de 2007 ― A Nestlé Brasil lança hoje unidade industrial em Feira de Santana, a 110 km de Salvador. Trata-se da segunda fábrica da empresa no Estado da Bahia. O empreendimento, que teve aporte aproximado de R$ 100 milhões, terá ainda um Centro de Distribuição (CD) e produzirá inicialmente massas lámen e envasará bebidas achocolatadas, cereais e café solúvel. No futuro, fabricará também cereais, bebidas achocolatadas, sorvetes, iogurtes, biscoitos, sopas e caldos.

Com capacidade inicial de produção de 40 mil toneladas por ano, a fábrica abrirá mais de 2.000 postos de trabalho diretos e indiretos, além de movimentar a cadeia produtiva da região e arrecadar inicialmente cerca de R$ 25 milhões em impostos municipais e estaduais. O empreendimento contará com fornecedores locais de serviços de segurança, alimentação e limpeza e 75% do maquinário das linhas de produção e envase da nova unidade foram adquiridos no Brasil. A nova unidade contará ainda com uma zona de tratamento de efluentes, caldeira para combustão à base de gás natural e programas internos de reciclagem de materiais.

Instalado no Centro Industrial de Subaé (CIS), o empreendimento ocupa 66 mil m² de área total construída, dos quais 18 mil m² apenas para o Centro de Distribuição. A expansão desta unidade fabril já está em estudos e deve ser concluída em duas fases futuras. “A nova fábrica da Nestlé na Bahia reforça nossa confiança no País e o compromisso de gerar oportunidades de emprego e renda para a população, principalmente do Nordeste, que consideramos uma região estratégica em nossos planos de crescimento”, diz o presidente da Nestlé, Ivan F. Zurita.

Segundo Zurita, a cidade foi escolhida por contar com um importante pólo industrial na região e por estar estrategicamente localizada, o que contribuirá para reduzir os custos – principalmente logísticos –, e fazer com que os produtos da Nestlé sejam comercializados a preços mais compatíveis com a renda da população local.

A fábrica e o Centro de Distribuição de Feira de Santana atenderão ao aumento da demanda do mercado nordestino por produtos da Nestlé, que cresceu mais do que o dobro se comparado a outras regiões do País. Esse crescimento é reflexo do investimento que a empresa vem realizando para aumentar sua presença no Nordeste, dentro do projeto de regionalização iniciado em 2004, um dos pilares de crescimento da companhia para os próximos anos.

| Próxima Notícia >>

Leia Também


JM EXPRESS - Receba gratuitamente nosso boletim diário via email
Primeiro Nome:
Profissão:
E-Mail:
Assinar  
Cancelar  
Confirme o cadastramento respondendo ao email que você receberá.

<< Voltar Voltar   Recomende o JM Recomendar o JM   Imprimir Página Imprimir Página  

BLOG DO JM

ALÔ BAHIA

:: Plantão


:: Enquete
A enquete está temporariamente fora do ar para manutenção.
Desculpe-nos pelo transtorno.

Esta enquete não tem valor científico e não representa a opinião do Jornal da Mídia


CapaClassificados Recomende o JM Fale ConoscoAnuncie Aqui

Copyright 2001-2011 Jornal da Mídia. Todos os direitos reservados.