Jornal da Mídia - Notícias em Cima da Hora  

CapaClassificados Recomende o JM Fale ConoscoAnuncie Aqui
Terça-feira, 21 de Outubro de 2014    H
Publique nosso noticiário em seu site como se ele fosse seu. É grátis e fácil!!!











Um produto da
Texto Pronto Comunicação

:: Bahia ::
Negócios
Novo shopping pode gerar quase 40 mil empregos em Salvador
Quinta-feira, 19/01/2006 - 19:46

Salvador - Um grupo de empresários apresentou ao prefeito João Henrique o projeto para construção do complexo Megacenter, no centro geográfico da cidade. Um empreendimento que traz novas opções de compras, entretenimento e lazer, além de gerar cerca de 30.9 mil empregos diretos e indiretos e modernizar o sistema viário. O prefeito sinalizou positivamente com a implantação do empreendimento, que terá a Prefeitura como parceira em prol do desenvolvimento econômico dessa área e busca da melhoria da qualidade de vida da população de média e baixa renda.

"A obra é estruturada no miolo de Salvador onde mora uma população carente de entretenimento. Acredito que este grande empreendimento tem uma visão público-privada, uma preocupação de levar desenvolvimento, emprego e renda. A Sucom (Superintendência de Controle e Ordenamento do Uso do Solo do Município) e a Seplam (Superintendência de Planejamento, Urbanismo e Meio Ambiente) com certeza estarão envolvidas nesse projeto", disse o prefeito, ressaltando a importância do complexo.

O projeto da Euluz Emprendimentos Ltda prevê a criação de um novo bairro em Salvador contendo um Shopping Center, com 24 torres residenciais e cinco comerciais em uma área de 340 mil metros quadrados (o equivalente a 40 campos de futebol). Esta fica localizada no ponto de convergência da linha do metrô, do sistema viário da cidade e da via portuária em construção, próximo à Rótula do Abacaxi, no acesso ao Cabula.

O shopping contará com 15 salas de cinema, 837 lojas no total e prevê a implantação de uma nova estrutura de acesso, aliviando o trânsito local. Estima-se que o empreendimento gere R$ 33 milhões por ano em impostos (ISS, ICMS, IPTU), sendo que somente o município contabilizará cerca de R$ 7,5 milhões ao ano. A previsão do empresário responsável Euvaldo Luz é de que a obra esteja pronta no começo de 2008.

Agilização - Durante o encontro, realizado hoje (dia 18), no Palácio Thomé de Souza, o prefeito João Henrique destacou que a sua equipe estará empenhada na aceleração desse processo e determinou a formação de uma comissão especial da Sucom e Seplam para agilizar os trabalhos. Segundo o prefeito, a quantidade de empregos que o complexo vai gerar para Salvador vai proporcionar um impulso no desenvolvimento local, o que é de extrema importância para a cidade e para a população.

O secretário de Planejamento do município, Itamar Batista, ressaltou que a obra vai provocar um impacto urbano excepcional para Salvador e que, portanto, deve ser avaliada com muito cuidado. "Tenham certeza de que nos empenharemos muito", garantiu. Para o empresário Euvaldo Luz, o encontro com o prefeito foi muito produtivo e o estabelecimento da parceria vai alavancar a construção da obra. "É um novo bairro que se cria e dentro do nosso projeto visamos ações que coincidem com metas de governo do prefeito", pontuou.

| Próxima Notícia >>

Leia Também


JM EXPRESS - Receba gratuitamente nosso boletim diário via email
Primeiro Nome:
Profissão:
E-Mail:
Assinar  
Cancelar  
Confirme o cadastramento respondendo ao email que você receberá.

<< Voltar Voltar   Recomende o JM Recomendar o JM   Imprimir Página Imprimir Página  

BLOG DO JM

ALÔ BAHIA

:: Plantão


:: Enquete
A enquete está temporariamente fora do ar para manutenção.
Desculpe-nos pelo transtorno.

Esta enquete não tem valor científico e não representa a opinião do Jornal da Mídia


CapaClassificados Recomende o JM Fale ConoscoAnuncie Aqui

Copyright 2001-2011 Jornal da Mídia. Todos os direitos reservados.