Jornal da Mídia - Notícias em Cima da Hora  

CapaClassificados Recomende o JM Fale ConoscoAnuncie Aqui
Sábado, 19 de Abril de 2014    H
Publique nosso noticiário em seu site como se ele fosse seu. É grátis e fácil!!!











Um produto da
Texto Pronto Comunicação

:: Alô Bahia ::

<< Página Anterior Há nesta página 28 notas de um total de 178

Waldir Pires e Félix Mendonça disputam vaga na Câmara de Vereadores
Terça-feira, 06/03/2012 - 07:31
Com a entrada em cena do ex-governador Waldir Pires (PT) e do ex-deputado federal Félix Mendonça (DEM), que resolveram anunciar seu interesse em disputar vagas na Câmara Municipal de Salvador, tudo indica que um processo eleitoral para a Casa Legislativa que tinha tudo para ocorrer de forma morna vai transcorrer da maneira mais fervilhante possível.

Petistas e democratas viram na iniciativa dos dois, além de uma demonstração de humildade, um sinal de que ambos têm tudo para qualificar e muito o debate pela eleição ao Legislativo municipal. Por este motivo, a expectativa é de que ambos ganhem apoio total e irrestrito de suas respectivas legendas para a campanha.

Aos 85 anos, incomodado com o que vê na capital baiana, o ex-governador Waldir Pires decidiu disputar uma cadeira na Câmara. “Centenas de pessoas me perguntam se abandonei a política; quando não se tem um mandato, parece que não se está fazendo política ou se abandonou a cidadania para viver a vida de aposentado”.


• 



Aninha Franco diz que João Henrique é o Padre Pinto com namorada
Segunda-feira, 05/03/2012 - 23:17
Aninha Franco, escritora e agente cultural, concedeu entrevista à Rádio Metrópole nesta segunda-feira (5), quando falou sobre o personagem que o prefeito João Henrique (PP) incorporou durante o Carnaval. Aninha também criticou com conhecimento de causa o problema de esquecimento e abandono cultural na Bahia.

Aninha escreveu um artigo, publicado na Revista Muito, com o título “Aqui se faz, lá fora se paga”. Na oportunidade, a agente cultural afirmou que o prefeito João Henrique é o novo Padre Pinto, devido à sua conduta durante o Carnaval. “Nós vimos o Padre Pinto de novo. Sem bata, com uma namorada e sem evangelização. Foi uma loucura aquilo”, ironizou.

Após comentar “a loucura” que foi o edital da Secretaria de Cultura, que visava aparelha o estado com representantes de partido, Aninha Franco criticou a falta de gestão. “A Bahia está opaca e isso a gente não pode mais esconder. A situação do Pelourinho é grave, a situação da saúde é grave, a violência é grave, a cultura está ruim e tudo isso está interligado”, enfatizou, para em seguida criticar os baianos que conduziram por quase oito anos o Ministério da Cultura e pouco fizeram pela Bahia. (Rádio Metrópole)


• 



Pai espanca 'em nome do filho' e pega 57 anos
Segunda-feira, 05/03/2012 - 18:08
Um americano foi condenado e deve passar ao menos 10 anos na prisão após aparecer em um vídeo na web espancando um adolescente de 16 anos no jardim de casa em Palm Bay, na Flórida. O jovem havia se envolvido em uma rixa com o filho dele.

Gary Johnson, de 35 anos, desmaiou na corte após ouvir o veredicto do júri, que colocou a sentença em até 57 anos na prisão. No entanto, tanto os advogados dele quanto os próprios promotores acreditam que ele deva pegar uma pena mínima de 10 anos encarcerado, de acordo com o site da Fox News. Veja o vídeo com trechos da gravação.

A "luta" entre ele e o adolescente em 17 de agosto do ano passado teve origem após a vítima se envolver em uma rixa com o filho de Johnson, na rua de casa. O pai acabou interferindo.

A acusação afirmou que em nenhum momento o pai tentou parar a luta entre os dois adolescentes, mas os incentivou. O vídeo gravado em seguida mostra o pai e o adolescente discutindo no quintal de casa e iniciando a briga, que termina em um claro espancamento.

"Eu estava cheio de adrenalina", disse o jovem ao tribunal na quinta-feira (1º), véspera da decisão do júri. A surra o deixou com dentes quebrados, de acordo com a reportagem do "Daily Mail".

A defesa tentou convencer a corte de que o adolescente teve o que merecia após desrespeitar e peitar o homem. Johnson alegou que se envolveu na rixa do filho porque o outro jovem o estava atacando por trás de maneira injusta. (Do G1).


• 



TWB pressiona empregados para conseguir aumento de tarifa
• Por Redação do JORNAL DA MÍDIASegunda-feira, 05/03/2012 - 10:34
Foto
Desprestigiado por Otto Alencar, o diretor-executivo da Agerba, Eduardo Pessoa, não apita mais quando o assunto é a TWB. Virou motivo de chacota, de brincadeiras e gozações entre diretores da concessionária paulista.
Além de ter deflgrado há uma semana a operação de demissão de funcionários, a concessionária paulista TWB está sendo acusada por empregados de não pagar a parcela de diferença salarial , vencida em 28 de fevereiro, referente ao acordo coletivo celebrado em outubro de 2010. A primeira parcela foi paga em 2 de fevereiro com tíquete refeição pela empresa.

"Não temos dinheiro e nem tíquete para quitar nada a ninguém. Quem tiver insatisfeito que peça demissão. E não adianta reclamar na Agerba pois a gente está ca..... e andando para a Agerba''. Esta afirmação foi feita pelo diretor de Operações, João Nunes, segundo denunciaram nesta segunda-feira (5) trabalhadores da TWB, em contato com o JORNAL DA MÍDIA.

Segundo os empregados, a estratégia da concessionária é pressioná-los para que a tarefa de demitir da empresa seja facilitada.

"Quem reclama, a TWB demite sumariamente e por justa causa, para que o empregado fique sem dinheiro nenhu e recorra à Justiça. É um absurdo, uma falta de respeito. Os navios estão sem manutenção nenhuma, se arrastando. Hoje mesmo o ferry ''Ivete Sangalo'' quebrou", disseram.

É parte da estratégia da TWB também pressionar o governo para exigir um aumento de tarifas e por isso estão fazendo uma espécie de chantagem com os trabalhadores.

"Eles vão dizer na Agerba que a gente está ameaçando parar para pressionar o governo a liberar aumento de tarifa ou até mesmo dinheiro dos cofres públicos. Sempre foi assim. A jogada é antiga, mas não podemos pagar o pato por uma irresponsabilidade dessa. Nós queremos os nossos direitos do acordo coletivo e nem mesmo com tíquete refeição a TWB quer pagar. Uma coisa vergonhosa".

Agerba sem Autonomia - Nos bastidores da Agerba e da Secretaria de Infraestrutura, os comentários são de que Eduardo Pessoa, diretor-executivo da Agerba, estaria ''sem força'' para tentar uma solução para os inúmeros problemas causados pela TWB. Isto porque o secretário Otto Alencar decidiu chamar para si o assunto da concessionária, deixando a agência de regulação totalmente sem autonomia.

O dono da TWB, Pinto dos Santos, sempre faz questão de afirmar para funcionários da empresa que pouco se importa com a Agerba. "Ele nos trata como incompetentes e abestalhados. Quando a gente multa a TWB por irregularidades, ele (Pinto dos Santos) diz 'pode multar, isso aí é babaquice e não resolve em nada porque não pago um centavo. Ele está cheio de ousadia. É assim que a Agerba é tratada nos terminais de São Joaquim e Bom Despacho'', desabafou um fiscal da agência instalado em São Joaquim.


• 



Dinheiro da Bahiagás também deveria socorrer o Aristides
Segunda-feira, 05/03/2012 - 10:14
A apresentação das contas da Prefeitura de Salvador, na semana passada, também serviu de palco para o debate sobre a situação do Hospital Aristides Maltez. Presente no auditório, o secretário da Saúde Gilberto José repetiu o discurso de indisponibilidade de caixa, dizendo não ser "santo para fazer milagre, nem Mandrake para fazer mágica".

Em defesa do secretário, o vereador Sandoval Guimarães (PMDB) aproveitou as críticas dos oposicionistas para emendar: — Se a Bahiagás gastou tanto com o patrocínio de camarotes no Carnaval, que ajude também o Aristides.(Tempo Presente)


• 



João namora, machuca tornozelo e cai no choro
Segunda-feira, 05/03/2012 - 08:12
O prefeito João Henrique (PP) se acidentou esse final de semana em um hotel no Litoral Norte, diz nota da coluna Raio Laser, da Tribuna. Após ser visto no maior ‘love’ com a atual primeira-dama do município, Tatiana Paraíso, num evento de lançamento de um empreendimento (só para convidados), João se machucou, lesionando o tornozelo.

Ao ser informado por um médico de que poderia ter que operar, caso tivesse acontecido o rompimento do tendão, o prefeito não conteve as lágrimas, chamando a atenção dos hóspedes.


• 



Gabrielli causa curto-circuito na política baiana, diz jornal
Domingo, 04/03/2012 - 09:39
jm
A preferência de Wagner por Gabrielli gerou muita insatisfação de outros aliados

Reportagem publicada na edição deste domingo (4) do jornal O Globo mostra como será a estratégia do economiasta José Sérgio Gabrielli, ex-presidente da Petrobras, para ser o candidato do PT à sucessão do governador Jaques Wagner. A acolhida de Gabrielli na Bahia tem eco no cuidado que a Petrobras dispensa ao estado. Em 2011, foram pelo menos 55 projetos de patrocínio de festas e eventos destinados à Bahia. Grande parte, verbas para o carnaval e para festas de São João.

Quem entra na orla marítima de Salvador pela Praia da Armação dá de cara com um barbudo sorridente e engravatado. Muitos ainda não conhecem o rosto estampado no outdoor do Clube dos Empregados da Petrobras (Cepe), ao lado da frase “Desafio sempre será a sua energia” — variante de um famoso slogan da estatal.

Mas nos bastidores da política baiana, só se fala dele. O dono da barba é o economista José Sérgio Gabrielli, ex-presidente da Petrobras que há duas semanas desembarcou na capital baiana disposto a ser “um soldado do governador Jaques Wagner (PT)”.

Seu projeto, ao sair do comando da maior empresa do país para o governo baiano, é alavancar a candidatura à sucessão estadual.

Depois da tensão para remover os soldados da PM que ocuparam a Assembleia Legislativa, na greve da categoria, a oferta pôs Wagner diante do dilema de acomodar o “soldado Gabrielli” na equipe.

É nítida a insatisfação de outros aliados que acalentam as mesmas ambições políticas. Embora a decisão seja aguardada para o meio da semana, pois governador está na Alemanha com a presidente Dilma Rousseff, é provável que o ex-presidente da Petrobras ocupe a Secretaria estadual de Planejamento no lugar de Zezéu Ribeiro (PT), que reassumirá a contragosto o mandato de deputado federal.

— Fiquei um ano montando intensamente projetos de larga escala, com alcance regional e nacional, e na hora de capitalizar isso para a Bahia, eu saio — desabafou semana passada na imprensa local.


Pelo menos outros três petistas sonham encabeçar a chapa da situação em 2014: Rui Costa, secretário-chefe da Casa Civil e amigo de Jaques Wagner há 30 anos; Walter Pinheiro, líder do PT no Senado Federal; e Laura Gramacho, prefeita do município de Lauro de Freitas. O cientista político Jorge Almeira, da Universidade Federal da Bahia (UFBA), descreve o desembarque de Gabrielli como “situação complexa” por suspeitar que o economista não faça parte da lista de preferidos do governador:

— Jaques Wagner não pode negar espaço a ele. É um quadro com autonomia muito grande. Se eleito, não será visto como continuidade. Não é herdeiro do governador.

Conhecido pelo estilo “bateu, levou” exibido nos seis anos a frente da Petrobras, que lhe rendeu a reputação de arrogante, Gabrielli esforça-se agora para demonstrar que o rosto simpático não é só na foto do outdoor. Recebido no aeroporto de Salvador pelos blocos afros Ilê Aiyê, Malê Debalê, Muzenza e Os Negões, ofereceu as bochechas para o beijo das baianas. Até sexta-feira, ele ainda aguardava a confirmação oficial do convite de Wagner. Indagado sobre a candidatura à sucessão, desconversou:

— À sucessão da prefeitura de Salvador, não (sou candidato).

Gabrielli irá a todas as regiões - Ex-professor da UFBA, com doutorado pela Universidade de Boston, Gabrielli foi fundador do PT baiano, partido pelo qual disputou o governo estadual em 1990, perdendo para Antônio Carlos Magalhães. Foi diretor Financeiro e de Relações com Investidores da Petrobras entre 2003 e 2005, quando assumiu a presidência da estatal no lugar de José Eduardo Dutra. É essa a experiência que pretende levar agora para o governo baiano.

— Meu perfil profissional envolve questões relacionadas com gestão, captação de recursos, relacionamento com novos projetos, planos de desenvolvimento. A função será de secretário do estado da Bahia, onde pretendo visitar todas as suas regiões — disse.

A acolhida de Gabrielli na Bahia tem eco no cuidado que a Petrobras dispensa ao estado. Em 2011, foram pelo menos 55 projetos de patrocínio de festas e eventos destinados à Bahia. Grande parte, verbas para o carnaval e para festas de São João. No ano passado, foram R$ 14,7 milhões destinados a projetos que vão do “São João do Dendengoso 2011” (R$ 1,56 milhão) ao patrocínio de evento da Associação de Magistrados da Bahia. Para o carnaval do ano passado, a estatal reservou verba para trios elétricos como Armandinho, Tripodão e Novos Baianos. E também para blocos como o Olodum e o Ileaiê. (Informações de O Globo)


• 



Candidatura de João Leão adiada para o dia 30
Sábado, 03/03/2012 - 10:10
O PP anunciou ontem que a oficialização da pré-candidatura do secretário da Casa Civil João Leão para a Prefeitura de Salvador, marcada para o dia 11, foi adiada para o dia 30. Contudo, ao contrário das especulações, o próprio Leão garante que o adiamento nada tem a ver com a expectativa pela votação na Câmara das contas referentes aos exercícios 2009 e 2010 da gestão de João Henrique (PP).

A movimentação financeira dos dois anos chegou ao parlamento com parecer de rejeição por parte do Tribunal de Contas dos Municípios (TCM) e aguarda o posicionamento da Comissão de Finança e Orçamento da Casa. “Não tem nada a ver”, minimizou Leão.


Em entrevista à Tribuna, o secretário voltou a mostrar tranquilidade e afirmou que o prefeito não sairá derrotado na Casa do Povo. “Tenho certeza de que as contas serão aprovadas, até porque os vereadores conhecem o prefeito João Henrique e sabem da sua seriedade e da sua competência. Eles vão levar em conta o fato de não ter havido nenhum dolo nem nada de improbidade”, disse o chefe da Casa Civil e pré-candidato progressista.

Assim como já explicou João Henrique, Leão voltou a dizer que o motivo da rejeição das contas no TCM foi a modificação dos critérios de avaliação da corte. “As contas foram reprovadas em educação e saúde porque o TCM mudou as regras do jogo. Em 2008, o órgão aceitou a utilização dos restos a pagar na declaração, em 2009 já não aceitou mais”.

Com o entusiasmo que lhe é peculiar, o articulador político de JH antecipou sua convicção de que a prestação das contas referentes ao exercício do ano passado da Prefeitura será aceita com positividade pelo Tribunal. “As contas de 2011 serão aprovadas com louvor. Já nos adequamos e entramos de vez nas regras do Tribunal de Contas”.

Quanto ao adiamento da festa que lançará sua candidatura, Leão explicou que a decisão foi tomada para evitar gastos excessivos do PP. “Íamos ter duas festas, uma no dia 11 para o anúncio da pré-candidatura e outra no dia 20 para minha despedida (da Casa Civil). Aí resolvemos uma só. Foi para a economia do partido. Eu que propus na reunião do diretório”, explicou o secretário. Sendo assim, a convenção acontecerá no próximo dia 30 e celebrará os dois atos citados por João Leão.(Romulo Faro, Tribuna)


• 



Irmão de Otto Alencar impedido de disputar reeleição
Sábado, 03/03/2012 - 10:06
Depois de Eduardo Alencar (Simões Filho), mais um prefeito da Bahia está enquadrado na Lei da Ficha Limpa e não poderá disputar as próximas eleições. Danilo Rodrigues Fraga (PP), prefeito de Lajedão, foi condenado por abuso de poder econômico e político pela Justiça de Medeiros Neto. Inconformado com a decisão, o prefeito recorreu ao TRE (Tribunal Regional Eleitoral) e TSE (Tribunal Superior Eleitoral), mas foi derrotado em ambas as instâncias. (Raio Laser)


• 



Afiliada da Globo fecha compra de 33% da Rede Bahia
Sexta-feira, 02/03/2012 - 18:56
A EPTV, afiliada da Globo, com emissoras em Campinas, Ribeirão Preto, São Carlos e Varginha (MG), deve bater o martelo nesta semana, fechando a compra de 33% da TV Bahia, de propriedade de Cesar Matta Pires, dono da Construtora OAS, ex-genro de Antonio Carlos Magalhães.

Matta Pires há tempos está querendo se desfazer das suas ações. Consta que, numa segunda etapa, a EPTV pode ainda comprar mais um lote de outro membro da família, que também estaria descontente, e assim totalizar 51% das ações, passando a ser majoritária na sociedade. (José Carlos Nery, na Coiluna de Flávio Ricco, do UOL)


• 



TWB inicia temporada de demissão antes mesmo do Verão acabar
• Por Redação do JORNAL DA MÍDIASexta-feira, 02/03/2012 - 11:26
Foto
O Verão não acabou, mas a concessionária paulista TWB já deu início, desde a última segunda-feira, à sua ''operação limpeza". Não se trata de nenhuma ação tipo faxinaço para limpar os navios, sempre muitos sujos, com sanitários proibitivos e muitos criticados pelos usuários.

A empresa das três letrinhas já deslanchou a temporada de demissões de funcionários. Na segunda-feira saiu uma lista, quarta outra e hoje mais uma. O desemprego atinge o pessoal de terra e do mar.

A maior queixa dos demitidos é: a TWB ''paga'' a idenização de férias com tíquete refeição. Uma prática abusiva, ilegal e perversa. Mas a Delegacia do Trabalho sabe de tudo e nada faz.

Se com o número de funcionários que tem a TWB não consegue prestar um bom serviço, imaginem reduzindo o seu quadro. Essas demissões vão refletir e colaborar muito para que o sistema ferryboat fique ainda pior.

Hoje o JORNAL DA MÍDIA foi contactado por vários demitidos. A única sugestão é um protesto na porta da Secretaria de Infraestrutura, no Centro Administrativo da Bahia. É a Seinfra é quem controla as ações da TWB e pode, se quiser, interceder.

Do dinheirão que faturou no Verão, com certeza a TWB não investirá um centavo na Bahia. Vai tudo para fora. Foi assim desde que foi expulsa de São Paulo (travessia Santos-Guarujá) e aportou na Bahia. E mais: ainda recebe uns trocados do governo, uma espécie de incentivo para piorar cada vez mais o serviço.


• 



SSP quer comprar radar que detecta carro roubado
Sexta-feira, 02/03/2012 - 10:15
Para aumentar o índice de recuperação dos veículos roubados, o delegado Nilton Borba revela que a Secretaria de Segurança Pública (SSP) está em processo de aquisição de um sistema de radares similares aos que fiscalizam o excesso de velocidade. Os equipamentos farão uma leitura eletrônica, em tempo real, de todas as placas dos veículos que passarem pelas principais vias da cidade.

Uma central de monitoramento na delegacia terá a capacidade de, ao identificar um veículo com placa clonada ou roubado, acionar policiais. O sistema poderá punir ainda os motoristas que circulam com seus veículos com licenciamento atrasado. Em São Paulo, onde 42 destes aparelhos funcionam desde 2010, a eficiência da ferramenta é contestada por especialistas.

Lá, em oito meses apenas 279 carros roubados foram recuperados devido aos radares. Outros 17.799 mil foram penalizados devido ao atraso no pagamento do IPVA. “O criminoso vai preferir rodar mais, mas se ele sabe que tem o radar não passar por aquela via”, ponderou Guaracy Mingadi, doutor em Segurança Pública. Na Bahia, o delegado Borba disse ainda não poder detalhar quantos serão e quando deverão começar a operar. (Correio)


• 



Aristides Maltez joga duro com a Prefeitura, que deve R$ 13 milhões
Sexta-feira, 02/03/2012 - 10:07
O impasse entre os gestores do Hospital Aristides Maltez (HAM) e a Secretaria Municipal de Saúde (SMS) tomou ontem contornos mais radicais. Sob a ameaça de ter que fechar o HAM porque os repasses feitos pela prefeitura não cobrem os custos, o presidente da Liga Bahiana Contra o Câncer (LBCC), Aristides Maltez Filho, disse que só vai assinar novo convênio com o município se houver aumento de R$ 950 mil por mês na verba da unidade, que chega do Ministério da Saúde (MS).

“O hospital não inventa câncer. Se o secretário quiser o paciente para casa, ele que vá ao hospital fazer isso. Mas, saiba que eu estarei lá para enfrentá-lo”, disse Maltez Filho, referindo-se aos pacientes que o hospital atende acima do teto estabelecido. “Vamos continuar cobrando R$ 12 milhões da prefeitura referentes a 2011 e 2010. Algumas contas estão na mesa do prefeito e o secretário disse que ele não quer pagar. Dizer que não há dívida é uma imbecilidade”, acrescentou Maltez.

O titular da SMS, Gilberto José, nega que tenha dito que o prefeito não queria fazer o pagamento e repudiou o que chamou de “agressões pessoais”. Segundo ele, não há dívidas com o HAM referentes a 2011 e o déficit da unidade se refere aos atendimentos acima do teto contratado. Gilberto José afirma que o repasse só aumentará se houver aumento na verba que chega do MS. (Correio)


• 



Zezéu Ribeiro se acha jogado para escanteio por Wagner
Sexta-feira, 02/03/2012 - 10:02
É uma espécie de transição. Zezéu vai traçar para Gabrielli um completo painel sobre as ações da área, dizer o que foi feito, o que está em andamento e o que estava por fazer. Os dois são da mesma tendência no PT, a CNB (Construindo um Novo Brasil), mas Zezéu não está satisfeito em deixar o cargo, no qual está há um ano, e admite isso, segundo informa hoje a coluna Tempo Presente:

— Eu estava servindo ao governo e à Bahia. Fiz um trabalho e na hora da colheita...

Na conversa dele com Jaques Wagner, o governador disse que não tinha queixas do desempenho dele, mas entendia que o Planejamento era o perfil que melhor se encaixava para Gabrielli.

Não é bem isso, Gabrielli se encaixaria na Fazenda, onde não há concorrência (Carlos Martins vai se afastar porque vai disputar a Prefeitura de Candeias), mas Zezéu diz nada poder fazer.

— O certo é que eu não vou pedir a ninguém para sair e nem para ficar.


• 



Otto Alencar determina que PSD vote contra as contas de João
Sexta-feira, 02/03/2012 - 09:29
Ao contrário da afirmação do vice-líder da situação na Câmara, vereador Dr. Pitangueira, de que “inicialmente” o PSD orientou a bancada a votar contra as contas do prefeito João Henrique (PP), o líder estadual do partido, o vice-governador Otto Alencar, disse ao Raio Laser da Tribuna da Bahia que a decisão é definitiva.

“Foi uma decisão da executiva estadual e não podemos retroceder”. Otto pediu esclarecimento, no entanto, de que o posicionamento não é pessoal. “A decisão é dos membros da executiva e eu, como presidente, tive que externá-la”.

Apesar de o voto ser secreto no parlamento, o vice-governador mandou um recado bem sutil aos três vereadores da sigla. “Confiamos nos nossos vereadores e sabemos que eles votarão de acordo com a orientação”.


• 



Largado por Wagner, Zezéu é 'consolado' por uma vaga no TCE
Sexta-feira, 02/03/2012 - 09:24
Os termos usados ontem pelo deputado federal Zezéu Ribeiro para confirmar seu desligamento da secretaria estadual de Planejamento deixaram claro o que todo mundo já sabia: ele ainda não digeriu o pedido do cargo, feito pelo governador Jaques Wagner na semana passada, num encontro reservado entre os dois. E, pelo visto, continuará muito irritado, inclusive, ante a alternativa que lhe aparece, a de ser indicado pelo próprio Wagner para o Tribunal de Contas do Estado, como compensação.

Desconsiderando que a secretaria é cargo de livre indicação de Wagner, Zezéu tentou manter-se na secretaria até o último momento. Lamentavelmente, não logrou êxito, como todo mundo esperava.(Raio Laser)


• 



Alcindo acha que decisão do PT sobre contas de João Henrique é complicada
Quinta-feira, 01/03/2012 - 20:35
Foto
Alcindo: "O prefeito hoje não tem o controle dos 33 vereadores que já teve. É uma situação complicada''.
O vereador Alcindo da Anunciação (PT), em entrevista ao Portal da Metrópole, negou que tenha desaparecido após o jornal Tribuna da Bahia ter noticiado que o mesmo, durante o Carnaval, disse que a bancada do PT na Câmara poderia negociar a aprovação das contas do prefeito João Henrique (PP) em troca de apoio à candidatura de Nelson Pelegrino.

Alcindo explicou que a bancada decidiu por votar em favor do relatório do Tribunal de Contas dos Municípios (TCM), que rejeitou por unanimidade as contas do prefeito, e que não vai se opor à decisão, mas questionou sobre uma futura aliança. “João Henrique faz parte de um partido que é aliado ao governo do estado. Se por um acaso, mais adiante numa composição política, o PP que é aliado do governo decidir apoiar o candidato do PT, como é que fica a posição da bancada?”, questionou.

Polêmico, o vereador indagou se para o PT é mais importante reprovar as contas do prefeito ou eleger Pelegrino. Alcindo ainda fez uma análise sobre o sentimento da Casa quanto à apreciação das contas. “Pressinto que existe quase que uma determinação de uma parcela de vereadores em votar com o parecer do TCM. O prefeito hoje não tem o controle dos 33 vereadores que já teve. É uma situação complicada. A cada momento que passa, a tendência é que as contas do prefeito sejam reprovadas”, explicou.(Rádio Metrópole).


• 



ACM Neto e Imbassahy ironizam privatizações do PT
Quinta-feira, 01/03/2012 - 15:22
Parlamentares do Democratas, PSDB e PPS promoveram nesta quinta-feira (1º), no Aeroporto Internacional de Brasília, uma cerimônia de descerramento de placa marcando a celebração da "primeira grande privatização do PT". Recentemente o governo privatizou os aeroportos de Brasília, Viracopos (Campinas-SP) e Guarulhos (SP). Diz a placa preparada pelo deputado Mendonça Filho (DEM-PE): "1º de março de 2012, celebração da primeira grande privatização do governo do PT. Presidente da República Dilma Rousseff. Valor da privatização R$4,5 bilhões".

Da Bahia, quem participou da irônica cerimônia foram deputados ACM Neto (DEM) e Antonio Imbassahy (PSDB). Neto informou que os três partidos de oposição deram início a uma série de atividades que serão feitas em todo o país. "O objetivo é mostrar o modo petista de governar. Vamos criar fatos mostrando que promessas de campanha da presidente Dilma não estão sendo cumpridas", disse.

ACM Neto disse que a presidente Dilma Rousseff fez campanha contra a privatização e agora numa "contradição" está chamando a iniciativa privada para participar da melhoria da infraestrutura do País. "A presidente se rendeu aos fatos e chamou a iniciativa privada. Isso evidencia que o PT do passado é um e o PT do presente é outro".

O deputado também criticou o fato de o governo abrir concessão apenas para aeroportos das grandes cidades. "Os aeroportos privatizados têm um elevado interesse. Mas o problema ocorre no Brasil inteiro. Há muitos gargalos para serem resolvidos", disse. Democratas, PSDB e PPS vão percorrer o país nos próximos meses para mostrar obras paradas e promessa de campanha não cumpridas por Dilma.


• 



E o estaleiro da TWB em Itaparica? Vai sair? Seria um sonho?
• Por Redação do JORNAL DA MÍDIAQuinta-feira, 01/03/2012 - 11:10
Foto
Com o lançamento da pedra fundamental do Estaleiro do Paraguaçu, anunaiada para o dia 31 deste mês, leitor do JORNAL DA MÍDIA questiona:

Cadê o estaleiros que a paulista TWB anunciou, em novembro de 2010, que iria construir junto ao Terminal de Bom Despacho para empregar "milhares de nativos da Ilha"?

Bem lembrado.

A TWB chegou a obter aprovação da Câmara de Vereadores de Itaparica para começar a construir o equipamento. Os vereadores amigos aprovaram por unanimidade.

O projeto era mirabolante e previa até construção de embarcações para o Pré-sal. Acreditem, caros leitores, é verdade. A TWB pretendia construir unidades para a Petrobras e dizem que chegou a bolar um lobby na esfera governamental para ver seu ''pleito'' atendido. Comentou-se até, na época, que um atual deputado estadual petista ligado ao setor petrolífero estaria empolgado com o ''projeto''.

Ainda bem que o Governo do Estado saiu literalmente debaixo. Saiu ou descobriu a tempo que poderia ser uma fria.

Uma empresa que explora o sistema ferryboat sem pagar um centavo sequer ao Estado, que lucra líquido perto de R$ 25 milhões por ano e que deixa o patrimônio público apodrecer não poderia ser levada a sério quando o assunto é a implantação de um equipamento do porte de um estaleiro. Nada aqui contra a concessionária paulista das três letrinhas, tão querida de setores do governo por seus ''inestimáveis serviços'' e tão rejeitada pela população. Absolutamente nada!

Somos contra, sim, aos métodos, ao tráfico de influência, a incapacidade e a incompetência na gestão de um serviço essencial para os baianos. Não é com propaganda enganosa que ocorrerá a melhoria do sistema ferryboat.

Consideramos até bonitinho, o slogan ''TWB, construindo o presente a favor do futuro" adotado pela concessionária. Interpretado ao pé da letra, reflete com incrível precisão o histórico conturbado de atuação da empresa paulista na Bahia.

Pelo visto, a TWB vai continuar usando como estaleiro para fazer pequenos reparos nas embarcações do ferryboat os manguezais da Baía de Aratu. Ou a praia de Gameleira. Uma prática condenável, que acaba com a estrutura das embarcações, que agride o meio ambiente.

E o que é mais grave: a irregularidade não é levada em conta pela Secretaria de Infraestrutura (Seinfra) e muito menos pela Secretaria do Meio Ambiente. E a autoridade marítima, a Capitania dos Portos, assiste. Mês passado, a TWB encalhou dois navios consecutivamente em um manguezal de Aratu, a Capitania foi informada, mas fingiu que não viu. E a Seinfra nada fez e teria, segundo se informa, até impedido a Agerba de tomar alguma providência.

E é assim que o patrimônio público é sucateado, é dilapidado. Depois fica mais fácil para os governantes levantarem justificativas e recursos para mandar a TWB construir novos barcos. Basta mostrar para a população o estado lastimável das embarcações e o caminho estará aberto para a injeção do dinheiro público em um serviço lucrativo explorado pela iniciativa privada. Uma vergonha!


• 



Estaleiro do Paraguaçu terá pedra fundamental lançada dia 31
Quinta-feira, 01/03/2012 - 09:39
A pedra fundamental do Estaleiro Enseada do Paraguaçu, localizado na Baía do Iguape, município de Maragogipe, deverá ser lançada no dia 31 deste mês, segundo divulgou ontem o secretário da Indústria, Comércio e Mineração, James Correia. A expectativa é de que a presidente Dilma Rousseff venha à Bahia para o evento. A obra é de iniciativa do Consórcio Rio Paraguaçu - composto pela Odebrecht, OAS e UTC Engenharia - e tem investimento calculado em R$ 2,3 bilhões.

“O empreendimento vai prover soluções na edificação e integração de unidades offshore, construindo sondas de perfuração e embarcações militares, plataformas fixas e flutuantes, além de navios especializados” , explicou o secretário da Indústria Naval e Portuária, Carlos Costa. A estimativa é de que a implantação do estaleiro gere em torno de 3 mil empregos diretos durante a construção e 5 mil permanentes quando começar a operar. Para o governo, o empreendimento vai contribuir para fixar mão de obra.


• 



Promotor que agrediu juíza dá queixa contra o namorado dela
Quinta-feira, 01/03/2012 - 09:35
O promotor público estadual Dioneles Leone Santana Filho, de Porto Seguro (a 709 km de Salvador), prestou queixa de lesão corporal contra o advogado Leonardo Wishart, namorado da juíza Nêmora de Lima Janssen dos Santos, titular em Caravelas, agredida pelo promotor durante o Carnaval prolongado na cidade, dia 23.

Na queixa, o promotor diz que não sabe por que foi agredido pelo advogado. Dioneles deu a queixa na Delegacia de Porto Seguro na madrugada do dia 23, cerca de uma hora após a juíza ter registrado ocorrência contra ele na Delegacia Especial de Atendimento ao Turista.

Segundo o documento, que não relata briga com a juíza, opromotor teve lesãona boca e no ombro esquerdo. Inclusive, ele já fez exame de corpo de delito.

Segundo funcionários do Ministério Público (MP), em Porto Seguro, Dioneles ainda não foi trabalhar esta semana. Ele não atendeu à ligação feita pela reportagem para o seu celular. O delegado Hermano Costa, de Porto Seguro, também não foi localizado para comentar o assunto. Dioneles ainda não foi ouvido pela Procuradoria Geral do MP, que investiga o caso. A queixa prestada pelo promotor torna o caso ainda mais obscuro comrelação às agressões entre ele e o advogado. (A Tarde)


• 



Gabrielli vai mesmo para a Secretaria de Planejamento
Quinta-feira, 01/03/2012 - 09:00
Só falta o governador Jaques Wagner anunciar, mas já está tudo certo para José Sérgio Gabrielli assumir a Secretaria do Planejamento no lugar de Zezéu Ribeiro.

Os políticos do entorno de Wagner dão o assunto como liquidado.

Pelo que dizem, Gabrielli chega para botar gás no governo. Algo como fazer projetos e buscar dinheiro para tornálos realidade.(Tempo Presente)


• 



Kertész foca o abandono de Salvador no programa do PMDB
Quinta-feira, 01/03/2012 - 08:30
De São Paulo vêm notícias alvissareiras sobre o tom que será usado pelo radialista Mário Kertész nas inserções do PMDB, que ele capitaneará no próximo dia 5, na TV. Em um dos programas, Mário usa o trabalho na Rádio Metrópole para lembrar do tempo em que foi prefeito de Salvador e dos debates que trava sobre os problemas da capital através dos seus microfones.

Em outro momento, MK critica o estado de abandono da cidade e diz que o próximo prefeito de Salvador terá que ter coragem e agir. Quem esperava ver o radialista longe da disputa vai se surpreender. (Raio Laser)


• 



Wagner quer dispensa de licitação para Mirorós e oposição fica de olho
Quinta-feira, 01/03/2012 - 08:03
A oposição não gostou de ter presenciado o governador Jaques Wagner (PT) defendendo, ontem, em Brasília, a dispensa de licitação para a continuidade da terceira etapa das obras de Mirorós, sob a alegação de que o enfrentamento à seca na microrregião de Irecê merece atenção e pressa.

Tão logo tomaram conhecimento do pedido de Wagner ao Tribunal de Contas da União, os deputados estaduais baianos, que faziam reunião para escolher o novo líder da oposição na Assembleia, passaram a discutir o assunto e avaliar a possibilidade de pedir explicações ao governador ante sua iniciativa.

O novo líder da oposição, Paulo Azi, que substituiu Reinaldo Braga (PR) no posto, promete tomar providências. (Raio Laser)


• 



Deputado aponta rombo de R$ 2 bilhões nas contas do governo da Bahia
Quinta-feira, 01/03/2012 - 02:34
O deputado Paulo Azi (DEM) denunciou um rombo de R$ 2 bilhões nas contas do governo da Bahia, em 2010. A denúncia foi feita durante a sessão plenária desta quarta-feira (29) da Assembleia Legislativa da Bahia. “No mínimo é de praticamente R$ 2 bilhões o rombo causado nas finanças estaduais pelos gastos excessivos do Governo da Bahia em 2010, ano eleitoral”, disse o democrata informando que esses dados constam no Relatório de Gestão Fiscal do último quadrimestre de 2011, que reflete a posição das finanças do governo.

Azi explicou que no documento, consta o item ‘disponibilidade negativa’ de R$ 1,977 bilhão de recursos próprios não vinculados do Tesouro. “Isso significa que o Estado gastou quase R$ 2 bilhões a mais do que conseguiu arrecadar, abrindo uma grande cratera no orçamento”, alertou. Segundo o deputado, esse déficit foi coberto com a utilização de diversas fontes de recursos vinculados, provenientes do Estado, do Governo Federal e de operações de crédito, que terão que ser devolvidos para a sua aplicação prevista em Lei.

Azi disse que para cobrir o rombo do orçamento, foram desviadas verbas de diversos setores, como educação, saúde, assistência social, infraestrutura, previdência e assistência médica de servidores, quando os gastos excessivos deveriam ter sido pagos com recursos próprios. “Só na educação deixaram de ser investidos mais de R$ 640 milhões”, destaca o democrata. (Bahia Econômica)


• 



Claudia Leitte entra na campanha do Aristides
• Por Redação do JORNAL DA MÍDIAQuinta-feira, 01/03/2012 - 00:23
A cantora Claudia Leitte entrou na campanha de ajuda ao Hospital Aristides Maltez. Em seu Twitter, ela fez um pedido aos seus 4 milhões seguidores para que cada um doe apenas R$ 1, suficiente para uma arrecadação bruta de R$ 4 milhões.

"Oi, muchachos, estou de férias, com saudades e feliz! Mas, hoje, algo me tirou a paz... Preciso da ajuda de vocês", disse Claudia Leitte no Twitter.

Foto


O Aristides Maltez pode até fechar as portas nos próximos 30 dias, graças a uma dívida de R$ 13 milhões que não consegue receber da Prefeitura de Salvador.

Cláudia Leitte chamou a atenção dos seus seguidores no Twitter para a tradição do hospital em atender também crianças com câncer.

O Aristides Maltez fez 9,5 mil cirurgias em 2011, atendeu a 11.400 mil pessoas, com 169 mil aplicações de radioterapia, em 21.200 mil ciclos de quimioterapia. Cerca de 143 médicos e outros 943 funcionários trabalham na unidade.


• 



TV Salvador é vendida à Igreja Universal
Quinta-feira, 01/03/2012 - 00:22
A TV Salvador, do Grupo Rede Bahia, acaba de ser vendida. Não foi informado oficialmente o valor do negócio nem o nome do comprador. Segundo o blog Gente & Mercado, o novo proprietário seria a Igreja Universal do Reino de Deus (Iurd).

Com a venda toda a atual programação da TV Salvador – no total de 19 programas – passa a ser transmitidas, nos próximos dias, pela Rede Brasil, canal 51.

“Há 15 dias começou a ecoar a notícia da venda da TV Salvador e hoje, no início da tarde, fomos informados da concretização da transação comercial”, diz a fonte, informando ainda que toda programação da TV Salvador passará a ter conteúdo religioso. Além da Rede Brasil a programação da TV Salvador é exibida no SIM TV, canal 36.


• 



Calote de R$ 13 milhões pode fechar o Aristides
• Por Redação do JORNAL DA MÍDIAQuinta-feira, 01/03/2012 - 00:16
Foto
Enquanto o prefeito João Henrique gasta uma verdadeira fábula com o Carnaval, o Aristides Maltez não recebe a dívida de R$ 13 milhões que se arrasta desde 2010.
Por conta de uma dívida superior a R$ 13 milhões que a Prefeitura de Salvador há mais de dois anos, o Hospital Aristides Maltez pode fechar as portas. Único da Bahia especializado em tratamento de câncer, o HAM vive momentos difíceis e agoniza.

A dívida acumulada é em função do somatório de resíduos que a Secretaria de Saúde deixou de pagar de janeiro a dezembro de 2011 e ainda a quantia de ajustes da produção de abril a julho de 2010. O médico Aristides Maltez Filho diz que a situação realmente está ficando insustentável e não existe a mínimas condições do hospital continuar atendendo a população.

Foto
O nosso prefeito ''João Brocador'' deu um verdadeiro show na avenida e nos camarotes com seus beijos apaixonados e chupadas mirabolantes que chamaram a atenção do país. Ele adora Carnaval, gastou uma fábula dos cofres públicos em contratações com dispensa de licitação e patrocínio de camaroletes milionários. Mas pagar ao Hospital Aristides Maltez, nem pensar!


Segundo o jornal Tribuna da Bahia, o médico Aristides Maltez Filho, presidente da Liga Bahiana Contra o Câncer disse que o HAM vive momentos difíceis e afirmou que o hospital tenta negociar com a prefeitura para receber esta dívida absurda há muito tempo.

“O nosso relacionamento com a Secretaria Municipal de Saúde é o mais destoante possível, chega a beira do escândalo. Nós estamos com um débito acumulado superior a R$ 13 milhões e não temos de onde tirar para continuar atendendo a população carente da Bahia”, afirmou.

O médico desabafou afirmando que o caso é tão grave que o hospital pode fechar as portas. “Dentro de 20 a 25 dias o hospital pode fechar as portas por falta de dinheiro para medicamentos, material cirúrgico e o pagamento dos seus funcionários. Se o hospital fechar, essas pessoas terão que ir diretamente ao gabinete do prefeito para buscar soluções”.

Atendimento – O Hospital Aristides Maltez, atende 100 por cento pacientes SUS e completou 60 anos no último dia 2 de fevereiro. Só no ano passado atendeu doentes de 397 municípios baianos. Trata-se do mais antigo hospital de câncer do país, o único que nunca fechou suas portas e diariamente são atendidas 3 mil pessoas nos seus ambulatórios. Em 2011 realizou 9.267 cirurgias, registrou o internamento de 11.599 pacientes, além de ter feito 169.520 aplicações de radioterapia e 21.717 de quimioterapia.


• 



Índice Geral | Esta é a página 4 de um total de 4 | Arquivo Mensal
<< Página Anterior   1 | 2 | 3 | 4   

JM EXPRESS - Receba gratuitamente nosso boletim diário via email
Primeiro Nome:
Profissão:
E-Mail:
Assinar  
Cancelar  
Confirme o cadastramento respondendo ao email que você receberá.

<< Voltar Voltar   Recomende o JM Recomendar o JM   Imprimir Página Imprimir Página  

BLOG DO JM

ALÔ BAHIA

:: Plantão


:: Enquete
A enquete está temporariamente fora do ar para manutenção.
Desculpe-nos pelo transtorno.

Esta enquete não tem valor científico e não representa a opinião do Jornal da Mídia


CapaClassificados Recomende o JM Fale ConoscoAnuncie Aqui

Copyright 2001-2011 Jornal da Mídia. Todos os direitos reservados.