Policial militar morre ao furar blitzes durante ação das forças de segurança

Um policial militar morreu durante a operação que as forças de segurança fazem, por volta das 5h desta quarta-feira, em Belford Roxo, na Baixada Fluminense. O soldado Diogo Gama Alves Mota era lotado lotado na Unidade de Polícia Pacificadora (UPP) do Morro do Andaraí. Ele foi ferido na Avenida Joaquim da Costa Lima, no trecho próximo à Rua Catumbi, no bairro São Leopoldo, após furar duas blitzes feitas por equipes do Exército.

Segundo o site do jornal Extra, do Rio de Janeiro, o Comando Militar do Leste (CML), o soldado, que estava em trajes civis, abriu fogo contra os militares. Um deles reagiu e atirou em Diogo. O soldado da PM morreu no local.

Durante o tiroteio, um disparo atingiu um homem que havia sido parado na segunda blitz e havia acabado de ser liberado. Ele foi baleado na perna. No carro dessa vítima, um Chevrolet Cobalt, havia de dez marcas de tiros. O homem foi levado para o Hospital Geral de Nova Iguaçu, também na Baixada. Segundo parentes, está fora de risco.

No carro do policial, foi encontrada uma pistola com registro da corporação. A Delegacia de Homicídos da Baixada Fluminense (DHBF) foi acionada para fazer uma perícia no local do confronto.

Fonte: Jornal Extra/Rio de Janeiro

Notícias Relacionadas