Suposto ‘doador’ de Bolsonaro é conversa mole

CLÁUDIO HUMBERTO

Provocou grande irritação na campanha de Jair Bolsonaro (PSL) um suposto pedido de “apoio financeiro” ao insinuante empresário Rubens Ometto, que ficou bilionário com um dos cartórios mais rentáveis do País: a distribuição de combustíveis. O cartório foi criado por resolução suspeita da Agência Nacional do Petróleo (ANP), no governo Dilma, obrigando refinarias e usinas de etanol a entregar seus produtos às distribuidoras, que têm sido acusadas de atuar como atravessadoras.

Bolsonaro   determinou que doações devem ser feitas no site oficial, o que impõe diversas restrições.(Wilson Dias/Agência Brasil)

‘AJUDAS’ RECUSADAS
Bolsonaro recusou todas as ofertas de “ajuda”, até devolveu doações, inclusive modestas, por não seguirem os trâmites legais.

RESTRIÇÕES
O candidato do PSL determinou que doações devem ser feitas no site oficial, o que impõe diversas restrições.

A BANCADA OMETTO
Dono da distribuidora Cosan, Rubens Ometto distribuiu dinheiro para 50 candidatos de 13 partidos, no total R$6,98 milhões.

MARINA VIROU NANICA
Em 2010, Marina teve 611 mil votos no DF, quase 43% do total. Em 2014, recebeu 563 mil, perdendo para Aécio Neves (PSDB) por 0,3%. Em 2018, teve 32 mil votos (2%). Bolsonaro, 936 mil (58,3%) no DF.

MISTÉRIO NO PT
Até os petistas mais experientes não conseguiram identificar quem fez companhia ao candidato entre quarta e quinta (11) no Hotel Meliá, em Brasília. Ele reapareceu para militância sem dar bolas a pesquisas.

‘SLIME’ NINGUÉM MERECE
O prefeito de Salvador, ACM Neto, que tem duas filhas, está entre os pais atormentados pela meleca que virou mania na garotada. Mistura de cola, água boricada, creme de barbear, pasta de dente e tinta guache. ”Eu acordo com isso até na minha cama”, diz ele, resignado.

TRANSPARÊNCIA TURVA
Relator do projeto que obriga divulgação de nome, endereço e CPF de vencedores da loteria, Pedro Chaves (PRB-MS) mudou tudo e obriga o apostador a se identificar, mas manteve o anonimato dos ganhadores.

#FICATEMER
A hashtag Fica Temer (#FicaTemer) ganha uma média de 50 menções nas redes sociais por hora desde o dia 6, antes da eleição. Entrou na lista das mais populares (top 30%) segundo a ferramenta Hashtagify.

ELEIÇÃO INTERMINÁVEL
Apesar de o 2º turno ser dia 28, o processo eleitoral não acaba. Em 15 de dezembro, por exemplo, ainda haverá julgamentos de prestações de contas de eleitos antes que sejam diplomados no cargo.

ÁGUA MOLE, PEDRA DURA…
Pela enésima vez, está na pauta da Câmara a criação da Política de Inovação Educação Conectada para levar internet rápida às escolas. Apesar de haver acordo, o PSOL tem obstruído as votações.

FIM DOS RESULTADOS FINAIS
Apenas a partir do próximo sábado (20) que o Tribunal Superior Eleitoral vai disponibilizar na sua central de dados as informações completas dos resultados relativos ao primeiro turno.

PENSANDO BEM…
…considerado a folha corrida de vários políticos não reeleitos, é bom ficar de olho na prataria.

Coluna de Cláudio Humberto. Clique AQUI e leia mais.

Notícias Relacionadas

Deixe uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *