Vendas do comércio varejista baiano crescem 0,4% de julho para agosto

Na comparação agosto/18 com agosto/17, as vendas na Bahia tiveram leve aumento (0,1%), mas ficando muito abaixo da média nacional (4,1%). (Agência Brasil)

As vendas do varejo na Bahia em agosto voltaram a crescer (0,4%) em relação ao mês anterior, na série livre de influências sazonais, após terem recuado 1,1% de junho para julho. Ainda assim, foi o menor crescimento do país e ficou abaixo da média nacional (1,3%).

De julho para agosto, o comércio cresceu em 24 das 27 unidades da federação, com destaques positivos para Paraíba (7,5%), Acre (7,1%) e Minas Gerais (5,5%). As vendas recuaram em Tocantins (-2,0%) e no Piauí (-0,5%). Em Roraima (0,0%) as vendas ficaram estabilizadas.

Na comparação agosto/18 com agosto/17, as vendas na Bahia tiveram leve aumento (0,1%), mas ficando muito abaixo da média nacional (4,1%). Nesse confronto, o desempenho do varejo foi positivo em 23 das 27 unidades da federação, com os maiores crescimentos na Paraíba (14,1%), Espírito Santo e Maranhão (ambos com 9,6%) e Pará (9,1%).

Mesmo com o retorno aos resultados positivos em agosto, o varejo baiano continua em queda no acumulado no ano de 2018 (-0,8%), ficando bem abaixo da média nacional (2,6%).

Fonte: Bahia de Valor. Clique AQUI e leia mais.

Notícias Relacionadas