Equipe de Bolsonaro discute fusão de ministérios

A fusão de ministérios agrada a equipe de Bolsonaro

CLÁUDIO HUMBERTO

Entre as medidas inovadoras em discussão na equipe do candidato Jair Bolsonaro (PSC) está a fusão das áreas da Cultura, do Esporte e do Turismo em um único ministério, levando em conta a concepção moderna de viés econômico, que reconhece nesses segmentos na formação de 6 a 7% do Produto Interno Bruto (PIB). O novo ministério pode levar os nomes das três áreas, mas podem também ganhar uma nova denominação: Ministério da Indústria do Entretenimento.

IDEIA É POSITIVA
A fusão de ministérios agrada a equipe de Bolsonaro, incluindo Stavros Xanthopoylos, professor da FGV responsável pela área de Educação.

MEC DE VOLTA?
Especialistas em Educação ligados ao Exército defendem a fusão das pastas sob o antigo nome do Ministério da Educação e Cultura (MEC).

ESPORTE E EDUCAÇÃO
O Esporte tem o papel da preparação física como valor de cidadania, ideia simpática ao candidato, o que fortalece a opção pelo velho MEC.

NÃO É MAIS ASSIM
Para setores militares, Cultura e Esporte são ligados ou “subordinados” a Educação, mas esse entendimento é considerado superado.

Coluna de Cláudio Humberto.Clique AQUI e leia mais.

Notícias Relacionadas

Deixe uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *