Espancador virou diplomata com ficha na polícia

CLÁUDIO HUMBERTO

Continua o mistério no Itamaraty sobre a nomeação de Renato de Ávila Viana, o diplomata espancador de mulheres. Ele virou funcionário de carreira mesmo tendo ficha na polícia e depois de ser submetido a teste psicotécnico a cargo do Cespe, órgão da Universidade de Brasília (UnB) encarregado dos exames e concursos, com relevante histórico de envolvimento em escândalos com máfias que vendem resultados.

Itamaraty, Brasília (Reprodução)

DEMOROU DEMAIS
O Itamaraty só o demitiu após o flagrante de espancamento de quarta (19). Apesar da Lei Maria da Penha, pagou fiança de R$1 mil e foi solto

FOLHA CORRIDA
Em 2002, Renato agrediu uma colega, em 2003 a namorada, em 2006, a filha da ministra de Relações Exteriores do Paraguai, em Assunção.

COVARDIA IMPARÁVEL
Após outros casos, o ex-diplomata agrediu namoradas em 2016 e 2017. Em 2018, agrediu a namorada em março e agora em setembro.

MARINA ENCOLHEU TOTAL
O mais recente levantamento Datafolha mostra que a candidata da Rede, Marina Silva, quase desapareceu: ela tem apenas 1% das intenções de voto na pesquisa espontânea (registro nº 06919/2018).

RESULTADOS DA LAVA JATO
Até o dia 10, a Lava Jato, segundo dados do próprio Ministério Público Federal, instaurou 81 acusações criminais contra 346 pessoas (sem repetir os nomes). Em 45 casos houve condenação.

IMUNIDADE ELEITORAL
Os candidatos, mesmo os enrolados, dormiram sem medo de serem acordados pela PF. A lei 4.737/65 proíbe que sejam presos, exceto em flagrante, nos 15 dias que precedem as eleições.

FAKE NEWS
A mais recente informação falsa é que Gilmar Mendes teria dito que renunciaria ao cargo de ministro do STF no caso de vitória de Jair Bolsonaro. “Eu nunca disse isso”, espantou-se o ministro.

VOCÊ QUEM PAGA
O governo não faturava tanto com contribuições, impostos etc no mês de agosto desde 2014: R$109,75 bilhões. A maior para agosto desde os R$120,249 bilhões arrecadados há quatro anos.

REGIÕES DECISIVAS
Segundo dados do Tribunal Superior Eleitoral, 43% do eleitorado brasileiro em 2018 vivem na Região Sudeste. Outros 27% no Nordeste. Somados, representam mais de 109 milhões de eleitores.

GERVÁSIO MERECE
O repórter-fotográfico Gervásio Baptista, 95, recebe neste sábado, 10h, a medalha Jornalista Ranulpho Oliveira, homenagem da Associação Bahiana de Imprensa. Será no espaço Sênior, em Vicente Pires (DF).

DEPUTADOS GASTADORES
Segundo a ONG OPS, o deputado federal Edio Lopes (PR-RR) é o maior gastador de verba indenizatória: foram R$2,121 milhões até agora, no mandato, além dos vencimentos. Rocha (PSDB-AC) e Zé Geraldo (PT-PA) gastaram R$2 milhões cada um.

PERGUNTA NA SAPUCAÍ
Tem perigo de dar certo um o país que, a duas semanas das eleições presidenciais, prefere debater o Carnaval de 2019?

Coluna de Cláudio Humberto. Clique AQUI e leia mais.

Notícias Relacionadas

Deixe uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *