Cade: ANP deve permitir venda direta de etanol

A ANP e os amigos atravessadores alegam “risco de sonegação”.

CLÁUDIO HUMBERTO

O Conselho Administrativo de Defesa Econo?mica (Cade) recomenda em sua Nota Técnica nº 24/2018, datada do último dia 6, que a Agência Nacional do Petróleo reconsidere a proibição da venda direta de etanol aos postos. Nessa nota, o Cade demoliu cada uma das alegações dos distribuidores (que atuam como atravessadores) contra a venda direta. E conclui com eloquência: “embora engenhosamente construídos”, os argumentos pela proibição carecem de “substrato teórico e fático”.

LOROTA DE ATRAVESSADOR
A ANP e os amigos atravessadores alegam “risco de sonegação” ou supostas metas ambientais e “qualidade do combustível”. Tudo lorota.

MENTIRAS ‘DEMOLIDAS’
O cartel dos distribuidores/atravessadores diz que a venda direta não vai baratear o combustível. O Cade rebateu também esta mentira.

PAVOR DE CONCORRÊNCIA
O Cade defende a venda direta como “instrumento capaz de aumentar concorrência”. Concorrência é o que os atravessadores mais temem.

Jair Bolsonaro no dia que sofreu o ataque

COMBO BOLSONARO
O candidato Ciro Gomes (PDT) afirmou que a vitória de Jair Bolsonaro (PSL) o fará abandonar a política. Os apoiadores do Capitão adoraram o que chamam de “combo”: “eleja Bolsonaro e se livre de Ciro de vez.”

PAGADOR SECRETO
Fernando Magalhães, um dos quatro advogados do agressor de Jair Bolsonaro, disse ontem que teve de contratar seguranças para proteger sua família. Mas continua sem esclarecer quem afinal os paga.

FOCO NO INIMIGO
Candidato ao governo do Rio de Janeiro, Anthony Garotinho deu um rolê nesta quarta (12) na Câmara dos Deputados. Sem perder a chance de lembrar que o inimigo político Sérgio Cabral é um ladrão.

RUMO AOS 200
Com as condenações de ontem por fraude na licitação das obras no Maracanã, atuação em cartel, corrupção e organização criminosa, o ex-governador do Rio de Janeiro já foi sentenciado a 183 anos de cadeia.

UM GENERAL NO STF
O general Fernando Azevedo e Silva entregou no dia 31 a chefia do Estado Maior do Exército, onde é um dos oficiais mais qualificados, para assumir a assessoria especial do ministro Dias Toffoli, que toma posse nesta quinta (13) da presidência do Supremo Tribunal Federal.

A BARRIGA DE WADIH
Amigos estão impressionados com a silhueta arredondada do deputado Wadih Damous (PT-RJ). Acham que o ex-presidente da OAB/RJ precisa trocar o terno e a gravata por uma roupa de ginástica.

FIGURA DECORATIVA
Fernando Haddad (PT) não fez ou propõe nada relevante para 38% dos seus eleitores. Afirmam que votarão nele porque é “próximo do ex-presidente Lula”. É o que diz a Paraná Pesquisa (reg. BR-02410/2018).

VOTO DE VETO
Pesquisas podem levar à adoção do “voto de veto” para atrapalhar um candidato. Mas o cientista político Geraldo Monteiro lembra que só 5% dos eleitores trocam o voto quando seu candidato não tem chances.

PENSANDO BEM…
…se a reforma tributária não saiu antes da eleição, depois de 7 de outubro, então, será impossível.

Coluna de Cláudio Humberto. Clique AQUI e leia mais.

Notícias Relacionadas