Série B do Campeonato Brasileiro: Vila Nova vence o CSA de virada e entra no G-4.

O CSA perdeu o jogo e a chance de tomar a liderança da Série B do Fortaleza (Foto=: Thiago Parmalat/RCortez/Ascom CSA/Divulgação)

Nesta terça-feira (11), um jogo movimentou a tabela de classificação da Série B do Campeonato Brasileiro. No Rei Pelé, o CSA-AL recebeu o Vila Nova-GO, que venceu por 2 a 1, de virada, e entrou no G-4 da competição momentaneamente. Com a vitória, o Vila Nova chegou aos 43 pontos e aparece no quarto lugar da Série B. O CSA, que poderia dormir na liderança se vencesse, segue na segunda posição, com 46.

De olho na liderança da competição, o CSA partiu para o ataque já no primeiro tempo da partida. Com maior posse de bola e contando com o apoio da torcida, que lotou o Rei Pelé, o Azulão levou perigo logo aos oito minutos, quando Pio cobrou falta de longe e obrigou boa defesa de Mateus Pasinato. Na sequência, Celsinho aproveitou cobrança de escanteio e, de cabeça, quase colocou o time da casa na frente.

Jhon Cley também ficou perto de marcar. Aos 20, o meia recebeu livre na área e tentou o desvio de cabeça, mas o goleiro do Vila espalmou. Se defendendo, o Tigre passou a equilibrar as ações e chegou a assustar com Mateus Anderson, que viu Felipe Garcia defender bom chute de canhota. No lance seguinte, o atacante arriscou de novo, mas a bola explodiu no peito de Leandro Souza. Mas, aos 44 minutos, Jhon Cley aproveitou falha da defesa goiana e aproveitou a sobra para fazer 1 a 0 para o Azulão.

No segundo tempo, o CSA seguiu ofensivo, buscando mais gols. Aos oito minutos, Daniel Costa quase ampliou após cobrança de falta ensaiada, mas Pasinato fez a defesa. Aos 16, Didira finalizou forte de fora de área e, mais uma vez, o goleiro do Tigre tirou o perigo. E, dois minutos depois, o time goiano empatou.

Wellington Reis cruzou rasteiro na área alagoana, e Rafael Silva deu um carrinho para desviar de leve a bola, que morreu no fundo das redes: 1 a 1. De olho no G-4, o Vila não desistiu de buscar a virada. Até que, aos 45, Rafael Silva avançou em velocidade pela direita e chutou cruzado para fazer o segundo dele e decretar a vitória do Tigre por 2 a 1.

Notícias Relacionadas

Deixe uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *