Pesquisador visado por demolir mitos da guerrilha

CLÁUDIO HUMBERTO

Perseguido após fazer revelações constrangedoras sobre “heróis” da guerrilha do Araguaia, o historiador Hugo Studart denuncia que militantes do PCdoB pediram a dois procuradores a apreensão dos documentos nos quais ele fundamentou a pesquisa de doutorado que resultou no livro “Borboletas e Lobisomens”. Alguns “desaparecidos”, segundo o autor, apenas mudaram de nome após acordo de delação. Mais de 15 mil páginas de documentos sigilosos integram o acervo.

Historiador Hugo Studart é o autor do livro Borboletas e Lobisomens (Foto: reprodução0

MINISTRO DEU OS PAPÉIS
A maior parte dos documentos foi entregue pelo então ministro da Justiça Nelson Jobim, segundo o pesquisador Hugo Studart.

BUSCA DE RETALIAÇÃO
Elizabeth Silveira e Vitória Grabois seriam autoras do pedido de busca. Procuradas através do Grupo Tortura Nunca Mais, não responderam.

TESTEMUNHA PROTEGIDA
Elizabeth é irmã do desaparecido Luiz René Silveira que, de acordo com Studart, ingressou no programa militar de proteção a testemunhas.

PT INSISTE EM MENTIRA
O PT insiste que o Comitê, um dos dez órgãos de apoio ao Alto Comissariado das ONU Direitos Humanos, tem autoridade para anular decisão da Justiça brasileira. Não tem. É mentira. O comitê é um dos “órgãos de tratados”, compostos por técnicos, sem autoridade formal.

CAMPANHA É OUTRA
A propaganda de Geraldo Alckmin (PSDB) no horário eleitoral sugere que ele está em campanha à reeleição ao governo de São Paulo. Ou para reduzir eventual vexame em seu próprio Estado.

POLUIR É PRIORIDADE
Em vez de estimular a geração de energia limpa (eólica e solar), o governo continua fazendo suspeita opção por termelétricas. O ministro Moreira Franco se reuniu com o presidente da Petrobras para discutir formas de “agilizar” o gás para as termelétricas, caras e poluentes.

ADORADORES DE BOQUINHAS
Incapaz de instituir brigadistas contra incêndios, a turma do PSOL que controla a UFRJ não quer perder o Museu Nacional para o MEC a fim de não abrir mão das esplêndidas boquinhas de até R$28 mil por mês.

A CHEGADA DOS BONS
Valente procuradora que meteu na cadeia Jorgina de Freitas e ajudou a recuperar milhões desviados pela fraudadora do INSS, a advogada Meire Mota (MDB) é candidatada a deputada federal em Brasília.

MÃO NA RODA
A Associação Brasileira de Jornalismo Investigativo (Abraji) lançou nesta segunda (10) o site publique-se.org.br, para busca de ações contra políticos. O site reúne 30 mil processos de 10 mil políticos.

ATENTADO ATRAIU SEGUIDORES
O candidato do PSL à Presidência, Jair Bolsonaro, ganhou 508 mil seguidores nas 48h após o esfaqueamento. É o que mostram dados do Instituto MAPA e Mr. Predictions, sobre engajamento nas redes sociais.

ALÔ, TSE
A Associação Brasileira de Fintechs elegerá a diretoria com blockchain, tecnologia usada em criptomoedas. Será seis vezes mais barata, sua transparência é total, 100% auditável, e ainda mantém o sigilo do voto.

PENSANDO BEM…
…não parece, mas tem jogo do Brasil nesta terça, na TV.

Coluna de Cláudio Humberto. Clique AQUI e leia mais.

Notícias Relacionadas