Série B do Brasileirão: Atlético-GO entra no G-4; Boa Esporte deixa a lanterna e CRB empata

Imagem CBF/Divulgação

Na tarde desta sexta-feira (7), três confrontos abriram a 26ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro. Em Barueri (SP), o Atlético-GO retornou ao G-4 ao superar o Oeste-SP por 2 a 1. Com a segunda vitória consecutiva, o Dragão chegou a 43 pontos. Em Varginha, o Boa Esporte-MG venceu o Goiás por 1 a 0 e, com 24 pontos, passou a lanterna da competição para o Sampaio Corrêa, que entra em campo no sábado (8). Com 42 pontos, o Esmeraldino pode deixar o G-4, caso o Avaí-SC pontue contra o Paysandu-PA. Já em Maceió, CRB-AL e Guarani-SP ficaram iguais em 1 a 1.

Na Arena Barueri, o primeiro tempo foi movimentado com um gol para cada lado. Aos 31 minutos, Daniel Borges tentou recuar, a bola enganou o goleiro do Oeste e morreu no fundo das redes. Sem se abater com o gol contra, o time paulista respondeu dois minutos depois com Marcinho. O meia soltou a bomba de longe e deixou tudo igual, 1 a 1. No início do segundo tempo, o Atlético-GO voltou a liderar o marcador. Oportunista, Renato Kayser pegou o rebote e garantiu o triunfo goiano fora de casa.

No Rei Pelé, CRB e Guarani protagonizaram um confronto intenso. Empurrado pelo torcedor, o time alagoano controlou as ações da primeira etapa, criou as melhores chances, mas só abriu o placar depois do intervalo. Aos 18 minutos, Neto Baiano cobrou pênalti com categoria e colocou o Galo na frente, 1 a 0. Em desvantagem, o Bugre adotou uma postura mais ofensiva e arrancou o empate aos 33 minutos. Vindo do banco, Bruno Mendes aproveitou cruzamento da esquerda, pegou de primeira e decretou o empate em 1 a 1. Com a igualdade, o CRB segue ameaçado pela zona de rebaixamento com 29 pontos. Com 38, o Guarani perdeu a chance de se aproximar do G-4.

No estádio Prefeito Dilzon Luiz de Melo, o Goiás foi o primeiro a assustar, aos três minutos, com Michael. O Boa Esporte respondeu em duas oportunidades com Douglas Baggio. Depois de levar perigo aos oito, o atacante ficou muito perto de abrir o placar aos 13, mas desperdiçou a chance clara de gol. O ritmo continuou acelerado na etapa final e os goleiros precisaram trabalhar. Aos 39, porém, Marcos não conseguiu segurar a bomba de Manoel, que garantiu a vitória do Boa por 1 a 0.

Notícias Relacionadas