Bolsonaro é transferido para hospital Albert Einstein em São Paulo

Em ambulância, Jair Bolsonaro deixa Santa Casa em Juiz de Fora; ele é transferido para o Hospital Albert Einstein, em São Paulo.

Vladimir Platonow – Repórter da Agência Brasil

A junta médica que atende o deputado federal e candidato à presidência da República Jair Bolsonaro decidiu, juntamente com a família do parlamentar, transferi-lo da Santa Casa de Juiz de Fora, para o hospital Albert Einstein, em São Paulo.

Bolsonaro saiu hoje (7) às 8h30 em uma ambulância, escoltada por carros da polícia, em direção ao aeroporto da cidade.

De acordo com o filho dele, deputado estadual Flávio Bolsonaro (PSL-RJ), o pai já está lúcido, inclusive fazendo brincadeiras sobre o que ocorreu.

O deputado afirmou que não é possível definir se Bolsonaro terá condições de saúde para voltar às ruas ainda no primeiro turno. Segundo ele, o mais provável é que a campanha seja pela internet.

Médica diz que recuperação é positiva
A diretora técnica da Santa Casa, médica Eunice Dantas, considerou positiva a recuperação do candidato nas últimas horas e destacou que a facada que ele levou, por questões de centímetros, não atingiu regiões mais vitais do corpo, o que teria agravado muito a situação.

Do lado de fora da Santa Casa, alguns apoiadores de Bolsonaro fizeram vigília durante todo o tempo em que ele esteve internado desde a tarde de ontem.

Na avenida em frente, onde ocorre a parada de 7 de Setembro, alunos de uma escola militar deixaram a posição em que se encontraram para aplaudir a ambulância que levava o candidato.

Quando os filhos do candidato, deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP) e Flávio Bolsonaro se aproximaram, os alunos os cercaram, aos gritos de “mito”, como é chamado Bolsonaro por seus apoiadores.

Notícias Relacionadas