Grêmio faz gol aos 46 minutos e nos pênaltis elimina o Estudiantes

Classificado às quartas de final da Libertadores, o Grêmio terá pela frente mais um argentino. Será o Atlético Tucumán (Foto: Grêmio/Divulgação)

Foi na raça, na garra e com muita emoção, que o Grêmio venceu o Estudiantes, no segundo jogo das oitavas de final da Copa Libertadores, na noite desta terça-feira (28), em Porto Alegre. No tempo regulamentar, o Tricolor gaúcho superou por 2 a 1, resultado que levou a partida para os pênaltis. Neles, venceu por 5 a 3.

O Tricolor começou pressionando a equipe argentina, tanto que aos 5 minutos de bola rolando, a Arena foi a loucura quando Everton, com qualidade, abriu o marcador ao encobrir o goleiro Andújar. Mas os argentinos responderam rapidamente, aos 8′, com Lucas Rodríguez, que empatou a partida. Durante a etapa inicial, os gremistas seguiram superiores, mas pararam na defesa adversária.

No intervalo, Renato promoveu sua primeira alteração, dando mais ofensividade ao time. Tirou Ramiro para colocar Alisson. O ritmo seguiu o mesmo, com o Grêmio se impondo na partida, mas o time argentino estava bem organizado defensivamente. Jael chegou a colocar uma bola na trave, que não entrou por detalhe.

As demais substituições foram feitas no decorrer do segundo tempo, com André e Pepê, ocupando os lugares de Léo Moura e Jailson.

Nos últimos minutos, quando só os gremistas ainda acreditavam, que nasceu o gol da virada, o qual levou a partida para os pênaltis. Aos 46′, Luan cobrou uma falta na cabeça de Alisson, que desviou para o gol. A bola bateu no travessão e morreu no fundo das redes.

Nas cobranças, o Grêmio venceu o Estudiantes por 5 a 3.

Com o resultado, o Tricolor segue para a próxima fase da Copa Libertadores da América e enfrenta o Atlético Tucumán.

Notícias Relacionadas