‘Polícia do conhecimento’ persegue historiador

CLÁUDIO HUMBERTO

O historiador Hugo Studart tem sido perseguido por radicais, que o jornalista José Roberto Guzzo chama de “Polícia do Conhecimento”, pela ousadia de relatar no livro “Borboletas e Lobisomens” (ed. Record) fatos que negam o “heroísmo” de guerrilheiros do Araguaia. “Atos de escracho” intimidam noites de autógrafo. O livro revela, por exemplo, que René Silveira (Duda), irmão de Elizabeth Silveira, do grupo Tortura Nunca Mais, aos 22 anos fez delação premiada para não ser morto.

Borboletas e Lobisomens

OS MORTOS-VIVOS
O livro mostra que “desaparecidos” aderiram a programas de proteção a testemunhas. Além de Duda, há mais três: Edinho, Piauí e Tobias.

HISTÓRIA CONHECIDA
Em 1980, a dirigente no PCdoB Elza Monerat flagrou no Rio Hélio Luis (Edinho). A guerrilheira Regilena Carvalho encontrou Tobias Pereira Jr.

FAHRENHEIT 451
Falta aos novos fascistas de esquerda queimar “Borboletas”, como no clássico “Fahrenheit 451”, filme dirigido por François Truffaud.

PAÍS SEM PARTIDOS
O instituto Paraná Pesquisa apurou que 87,4% dos brasileiros não se sentem representados por qualquer partido. Entre aqueles com ensino superior completo, o índice vai a 91%.

TUDO A VER
Além de Lula, há apenas outro ex-presidente preso em todo o mundo: Ollanta Humala, do Peru, corrompido pela empreiteira brasileira Odebrecht, a mesma empreiteira símbolo do PT no poder.

CAMPANHA NO TINDER
Tempo reduzido na TV leva a isso: o candidato ao governo do DF pelo Novo, Alexandre Guerra, inscreveu-se nos sites de relacionamento Tinder e Happning como estratégia para se aproximar das pessoas.

CONSTRUÇÃO DE MAIORIA
Os partidos que apoiam Geraldo Alckmin (PSDB) para presidente representam atualmente 274 dos 513 deputados federais, 22 deputados além do necessário para ter maioria absoluta.

PAÍS BARNABÉ
O Patriarca José Bonifácio atrasou a Independência do Brasil porque tinha três empregos públicos em Lisboa. Aguardou a transferência das matrículas das boquinhas para o Brasil para concordar com Gonçalves Ledo, deflagrando o projeto da maçonaria de Independência do Brasil.

TÁ TUDO CERTO
Seis meses, R$ 1,2 bilhão e 2,6 mil assassinatos depois, Hugo Leal (PSD-RJ), chefe da comissão da Câmara que monitora a intervenção federal no Rio, não partilha das críticas e vê a situação como positiva.

NO PAÍS DO COCALEIRO
O chanceler Aloysio Nunes visita La Paz nesta segunda (20) para se reunir com Fernando Huanacuni, ministro da ditadura Evo Morales. Paciência. A Bolívia é o principal fornecedor de gás ao Brasil.

DE OLHO NA PROPORÇÃO
O dia 7 de setembro é o prazo final para a direção de partidos políticos preencherem as vagas remanescentes para as eleições proporcionais, obedecendo pré-requisitos de proporção de candidatos e candidatas.

PENSANDO BEM…
…Ciro acusar o PT de “radicalismo” é como o Corinthians acusar o juiz de favorecer o adversário.

Coluna de Cláudio Humberto. Clique AQUI e leia mais.

Notícias Relacionadas

Deixe uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *