Série B do Campeonato Brasileiro: rodada promete emoções na luta pelo G-4

Se vencer o Criciúma hoje, a Ponte Preta entra no G-4 (Créditos: Fábio Leoni / PontePress)

O returno da Série B do Campeonato Brasil já começou, e nesta terça-feira (14) tem emoção em campo. Às 19h15, o Brasil-RS recebe o Avaí-SC no Bento Freitas, em Pelotas (RS). Mais tarde, às 21h30, Ponte Preta-SP e Criciúma-SC se encontram no Moisés Lucarelli, em Campinas (SP).

Com a equipe mais nova da competição, com uma média de 23,9 anos, segundo dados do Wyscout, a Macaca quer o triunfo para manter o embalo da goleada da última rodada. Na ocasião, o clube paulista visitou o Paysandu-PA e aplicou 4 a 0 no Estádio Curuzu, em Belém (PA), com destaque para o atacante Júnior Santos, que brilhou novamente e anotou dois gols.

Em boa fase, Júnior atualmente é um dos principais destaques da Série B. Desde que marcou o primeiro gol na competição, no empate por 1 a 1 com o CSA-AL, em 19 de junho, ele embalou uma sequência decisiva. Foram seis gols e duas assistências nos últimos nove jogos.

– É o melhor momento da minha carreira, estou muito feliz de poder fazer gols e dar assistências. Eu jogo pela equipe, procuro também ajudar na marcação, o importante é fazer a Ponte crescer. Esse desempenho vem de muito trabalho, muita dedicação, busco forças na minha família que está lá na Bahia, no meu empresário (Edivaldo Ferraz), em todas as pessoas que acreditam em mim. Dentro de campo, procuro fazer o meu melhor – destacou o atacante ponte-pretano.

Além da vitória na última rodada, a Ponte está no seu terceiro jogo sem derrota. Marca importante para se manter entre os primeiros colocados.

– O objetivo sempre foi não se distanciar do G4. Já estamos no segundo turno, que é a hora do ‘vamos ver’, em que a gente começa a ver quem vai subir e quem vai descer. Acho que é o nosso momento, estamos há três jogos sem perder, vamos procurar embalar uma boa sequência, conquistar os pontos e entrar no G4 de vez para depois não sair mais. Nosso objetivo é colocar a Ponte Preta na Série A, em seu devido lugar, de onde ela nunca devia ter saído – concluiu.

Do outro lado, depois do empate em 1 a 1 com o Atlético Goianiense, no Majestoso, o Tigre continua fora da zona do rebaixamento da disputa. O time criciumense, do técnico Mazola Júnior, está invicto a cinco partidas. Sua forte defesa é base para isso. Nos confrontos em que se manteve invicto, sofreu apenas dois gols. Segundo dados do Wyscout, a equipe lidera o número de duelos defensivos realizados, com 1478, e mantém a segunda colocação na efetividade dos mesmos, com 24,56%. Vale ressaltar que a média do campeonato é de 22,29% de sucesso nas disputadas.

O momento do clube de Santa Catarina no início de returno é bem diferente de como iniciou a competição. A equipe só veio a pontuar na sexta rodada, após cinco derrotas consecutivas. Coincidentemente, uma das derrotas foi para a Macaca, dentro de casa, por 1 a 0. Na manhã desta segunda-feira (13/08), no Centro de Treinamento Antenor Angeloni, no bairro Cristo Redentor, ocorreu o último treino antes da viagem a Campinas (SP). Mazola Júnior não poderá contar com o lateral esquerdo Marlon e com os atacantes Zé Carlos e Andrew.

Antes deste confronto, o Avaí viaja para Pelotas, para enfrentar o Brasil-RS. A equipe detém o ataque mais perigoso, com 291 chutes à gol anotados. Um perigo para a defesa xavante, que curiosamente é uma das equipes que mais bloqueou chute, com 62 até o momento. Vale ressaltar que a média do campeonato é de 58,15 até a rodada anterior.

O Leão da Ilha quer se manter no G-4 da competição após vencer dentro de casa o Vila Nova-GO e subir quatro posições, acessando a zona de classificação e alcançando o terceiro lugar. Já o clube rubro negro está em 16º colocado, com 22 pontos. Com um ponto de diferença, o Xavante quer uma regularidade maior no campeonato. Em três jogos, anotou uma derrota, uma vitória e um empate.

Confira a classificação atualizada da Série B do Campeonato Brasileiro:

Notícias Relacionadas

Deixe uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *