Vitória sofre nova goleada humilhante no Brasileirão: Grêmio 4 a 0.

Com o resultado, o Grêmio dorme na terceira colocação da tabela, com 33 pontos.

O Vitória levou mais uma goleada de 4 no Campeonato Brasileiro. Jogando em Porto Alegre, o Rubro-negro baiano foi goleado pelos reservas do Grêmio por 4 a 0, na noite deste domingo (12), na Arena do Grêmio. Com um time mais uma vez completamente desorganizado, sem nenhum esquema de jogo, o Vitória, em campo, está refletindo a crise administrativa do clube.

Com o resultado, o Grêmio dorme na terceira colocação da tabela, com 33 pontos, mas pode ser ultrapassado pelo Inter, que enfrenta o Fluminense na segunda-feira. O Vitória segue à beira do Z-4, em 16º, com 19 pontos. O Tricolor volta a campo na quarta-feira, às 21h45, quando encara o Flamengo no Maracanã, pelo jogo da volta das quartas de final da Copa do Brasil – na ida, as duas equipes ficaram no 1 a 1. Pelo Brasileirão, a próxima partida está marcada para o sábado, às 19h, contra o Corinthians em São Paulo, pela 19ª rodada. O Vitória, por sua vez, tem pela frente o Palmeiras, no próximo domingo, às 16h, no Barradão.

Jogando com time reserva, os gremistas fizeram bonito diante dos mais de 17 mil torcedores presentes no estádio. Logo na primeira etapa, aos 11 minutos, Douglas recebeu um cruzamento dentro da pequena área e desviou de cabeça, mas Ronaldo fez a defesa. No rebote, o meia finalizou e mandou para o fundo das redes, sem chance de defesa do arqueiro adversário, abrindo o placar. Não demorou muito e o Grêmio chegou ao seu segundo gol na partida. Depois de roubar a bola, o camisa 10 acionou Jailson, que teve o domínio e arriscou de longa distância, mandando no canto esquerdo da meta baiana, aos 20′.

A etapa complementar seguiu com o domínio Tricolor. O terceiro gol nasceu aos 12`, quando Marinho acionou Pepê na direita, que passou pela marcação e chutou com confiança. A bola desviou na defesa e morreu no fundo das redes. E ainda teve o quarto gol, que surgiu depois de um contra-ataque em velocidade. Na jogada, Jael recebeu na esquerda e chutou, obrigando Ronaldo a fazer a defesa. No rebote, Everton, bem posicionado, dominou e estufou as redes, com 36 minutos.

Notícias Relacionadas

Deixe uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *