Vereador Aleluia classifica anúncio de greve como “politicalha” do Sindseps

Alexandre Aleluia: “Minoria da politicagem eleitoreira vai penalizar a população”

O vereador Alexandre Aleluia (DEM) condenou a “falta de espírito público” da diretoria do Sindicato dos Servidores da Prefeitura de Salvador (Sindseps), que anunciou a decisão pela greve geral do funcionalismo municipal a partir da próxima segunda-feira (6), após assembleia.

“Em nome da politicalha eleitoreira, uma parcela pequeníssima de servidores resolve penalizar a população inteira com a suspensão de serviços essenciais, como educação e saúde. Falta espírito público a essa gente”, criticou.

A prefeitura, segundo Aleluia, sempre manteve o diálogo aberto com a categoria. De acordo com o vereador, o funcionalismo e diversas entidades representativas aceitaram a proposta de reajuste apresentada pela Secretaria de Gestão (Semge).

“Essa minoria quer radicalizar. Não são afeitos ao diálogo. Recusam-se a negociar em busca de melhorias para os servidores. Rezam na cartilha do quanto pior, melhor. A prova disso é que a gestão municipal tem apresentado propostas de aumento real que chegam a 11%, 5,5% e 2,5%, conforme a categoria de cada servidor. Todas eles, no entanto, foram rejeitadas pelo sindicato”, asseverou.

Notícias Relacionadas