Farra de licenças na EBC tem histórias bizarras

CLÁUDIO HUMBERTO

A esperteza na estatal EBC (responsável pela TV Brasil), que emprega 2.300 funcionários e registrou 2.845 licenças médicas entre janeiro e junho, tem situações que seriam engraçadas não fossem fraudulentas. A pelegada defende a farra citando casos como o de um cinegrafista que desatou a pedir licenças médicas alegando “depressão” por ter de operar uma nova grua computadorizada, das mais modernas do País.

A empresa pública  EBC tem 2.300 funcionários e registrou 2.845 licenças médicas entre janeiro e junho

MALUCO BELEZA
“Tem muita gente com problemas mentais”, afirma um pelego que faz a maior pose de esquerdista com um livro de Lênin debaixo do braço.

MALANDRAGEM DEMAIS…
“Malandro demais vira bicho”, advertiu o compositor Bezerra da Silva: perícia médica investigará o “fenômeno” das licenças medicas na EBC.

NÃO FICARÁ ASSIM
A expectativa é que após a perícia, processos administrativos sejam abertos para demitir os espertos e ressarcir a empresa pública.

FARRA VAI ACABAR
Serão revistas as facilidades para obtenção de licenças, inclusive a de cinco dias para “acompanhar” familiar, prorrogadas indefinidamente.

Coluna de Cláudio Humberto. Clique AQUI e leia mais.

Notícias Relacionadas

Deixe uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *