Incêndio atinge Assembleia Legislativa da Bahia; Fogo foi no setor financeiro.

O foco das chamas foi no terceiro andar, que está em obras.

Um incêndio atingiu a Assembleia Legislativa da Bahia. Não há registro de vítimas por conta do fogo, iniciado pouco depois das 15h20 de hoje (28). Por meio de nota, a direção da assembleia informou que, a princípio, o incêndio foi causado por um curto-circuito no terceiro andar do prédio, que está em obras.

Há relatos de que uma explosão foi ouvida momentos antes do incêndio ficar aparente. As chamas foram controladas por volta das 16h, após a chegada do Corpo de Bombeiros, às 15h40.

Conforme a nota da ALBA, ainda sem causa determinada, “a princípio foi um curto-circuito o que provocou o início do incêndio que se alastrou pelo terceiro andar do Palácio Luís Eduardo Magalhães, na Assembleia Legislativa da Bahia, no CAB. O andar está em obras”.

“O sinistro começou por volta das 15h20. Os bombeiros chegaram 20 minutos depois e controlaram totalmente as chamas. Não houve vítimas. Após a perícia serão contabilizados os prejuízos e estabelecido um plano de ação para recuperação da área afetada pelo fogo no edifício mais antigo do Legislativo baiano”, concluiu a nota.

Leia a nota da Assembleia Legislativa da Bahia v sobre o incêndio:

Ainda sem causa determinada, mas a princípio foi um curto-circuito o que provocou o início do incêndio que se alastrou pelo terceiro andar do Palácio Luís Eduardo Magalhães, na Assembleia Legislativa da Bahia, no CAB. O andar está em obras. O sinistro começou por volta das 15h20, os bombeiros chegaram 20 minutos depois e controlaram totalmente as chamas. Não houve vítimas. Após a perícia serão contabilizados os prejuízos e estabelecido um plano de ação para recuperação da área afetada pelo fogo no edifício mais antigo do Legislativo baiano.

Notícias Relacionadas