EBC combate farra de licenças com perícia médica

CLÁUDIO HUMBERTO

A estatal Empresa Brasileira de Comunicação (EBC), do governo federal, vai instaurar processos administrativos, que podem gerar demissões e ressarcimento de valores, em decorrência de 2.845 afastamentos de funcionários sob “licença médica” somente entre janeiro e junho deste ano. A direção da EBC decidiu contratar uma perícia médica para investigar a suspeita de fraude nas licenças.

Os afastamentos espertos ocorrem em todas as áreas da EBC, mas é maior na Diretoria de Jornalismo:

PENSE NUM ABSURDO
Acordos danosos à EBC, em gestões anteriores, criaram a cultura da malandragem: quem está de licença ganha mais do que quem trabalha.

DIREITO À MALANDRAGEM
Além das licenças médicas, há as “licenças de acompanhamento”, que, embora sejam de 5 dias, podem ser prorrogadas indefinidamente.

EQUILÍBRIO AMEAÇADO
O impacto da malandragem na EBC é tão grave que já ameaça o equilíbrio atuarial da previdência privada dos funcionários.

BEMBOM REMUNERADO
Os afastamentos espertos ocorrem em todas as áreas da EBC, mas é maior na Diretoria de Jornalismo: 777 licenças no primeiro semestre.

Coluna de Cláudio Cláudio Humberto. Clique AQUI e leia mais.

Notícias Relacionadas