Vitória de “Tite do Nordeste” é goleado pelo Bahia na Fonte Nova

O Leão agora se prepara para o compromisso diante do Sport, partida que acontece na próxima quinta-feira (26), 19h30(Maurícia da Matta/ EC Vitória)

REDAÇÃO DO
JORNAL DA MÍDIA

O esquema suicida do técnico Vagner Mancini, com quatro atacantes e com meio de capo sem nenhum marcador, levou o Vitória ser derrotado na Arena Fonte Nova, neste domingo (22), pelo rival Bahia. Na verdade, ninguém esperaca uma goleada no clássico,mas aconteceu. Na zona de rebaixamento do Campeonato Brasileiro, o Bahia conseguiu fazerr 4 a 1. Depois dos protestos dos torcedores na última sexta-feira, com agressões no Aeroporto de Salvador aos atletas, o time dirigido por Enderson Moreira conseguiu reagir e fazer uma goleada no seu maior adversário, cinco anos depois de ter sofrido duas desde a reinauguração da Fonte Nova: 5 a 1 e 7 a 3.

Independente da boa vontade dos jogadores do Bahia em campo, vale destacar a colaboração do técnico Vagner Mancini ao resultado final da partida. Foi uma mãozinha só! Mesmo jogando na casa do adversário, Mancini, que é considerado por torcedores como o “Tite do Nordeste”, por fazer o time atuar todo aberto e também pelas entrevistas repetitivas, definiu o time como uma escalação totalmente ofensiva, sem jogadores de marcação no meio campo, com destaque no caso para Arouca, escalado como cabeça de área por Mancini, e que sequer conseguia acompanhar, mesmo de longe, as arrancadas do ataque tricolor.

Com o time literalmente aberto, sobrou para a defesa do Vitória, que se desdobrou até quando deu. Mas aí aconteceram os dois primeiros gols do tricolor, com Zé Rafael, aos 14 minutos, e Vinícius, aos 25, tudo no primeiro tempo. E tudo mudou. O segundo gol tricolor foi marcado em pênalti muito duvidoso, apesarb do narrador-torcedor da TV Bahia ter assegurado que existiu.

No segundo tempo, o técnico Mancini, já completamente perdido, promoveu duas alterações que em nada somaram para a melhoria do time em campo Trocou o lateral Jefferson por Lucas, tirou Neilton e colocou William Farias enquanto que Yago entrou no lugar de Valter Bou. Resultado do segundo tempo: o Bahia fez mais dois gols e o Vitória fez somente um.
Bahia 4 x 1 Vitória

Campeonato Brasileiro – 14ª rodada
Local: Arena Fonte Nova, em Salvador
Data: 22/07/2018 (domingo)
Horário: 16h

Árbitro: Wagner do Nascimento Magalhães (RJ-FIFA), auxiliado por Rodrigo Figueiredo Henrique Correa e Henrique Alves de Lima Filho (ambos do RJ).

Gols: Lucas, aos 27’ do 2T (VIT); Zé Rafael, aos 14’, Vinícius, aos 25’ do 1T; Tiago, aos 20’ do 2T e Gilberto, aos 21’ do 2T. (BAH).

Cartão vermelho: Bryan (VIT)

Bahia: Anderson; Bruno, Tiago, Lucas Fonseca e Léo; Gregore (Edson), Elton, Vinícius (Régis) e Zé Rafael; Gilberto e Edigar Junio (Marco Antônio). Técnico: Enderson Moreira.

Vitória: Elias; Jeferson (Lucas), Kanu, Aderllan e Bryan; Fillipe Soutto, Arouca e Erick; Luan, Neílton (Willian Farias) e Walter Bou (Yago). Técnico: Vagner Mancini.

Notícias Relacionadas