Bahia abre o placar, cede empate e continua na zona do rebaixamento.

Jogadores do Bahia comemoram gol do estreante Gilberto

O Bahia saiu na frente do placar contra a Chapecoense, mas acabou cedendo o empate no finalzinho do jogo e segue na zona do rebaixamento do Campeonato Brasileiro 2018. Em um jogo fraco na Arena Condá, Gilberto inaugurou o marcador para o Tricolor baiano, aos 33 minutos do segundo temo, mas Osman empatou para o Verdão aos 38. O Bahia deixou o campo reclamando da arbitragem, que não marcou pênalti cometido contra Gilberto.

Com o empate, as duas equipes se mantêm na mesma posição na tabela de classificação do Brasileiro. Com 15 pontos, a Chapecoense segue em 14º. Já o Bahia, chega aos 13, mas permanece em 17º, na zona de rebaixamento.

As duas equipes entram em campo novamente no próximo domingo. Às 16h (de Brasília), o Bahia recebe o Vitória, na Fonte Nova, para o clássico baiano. A Chapecoense volta a jogar em casa, às 19h, contra o Santos.

O Jogo – Em campo, o Bahia teve mais posse de bola que o adversário, mesmo atuando fora de casa. Sem ser ameaçado na etapa inicial, o Tricolor teve a melhor chance do 1º tempo nos pés do centroavante Gilberto, que após grande jogada pela esquerda, invadiu a área e foi derrubado claramente pelo goleiro Andrei, em pênalti não marcado pela arbitragem e muito reclamado pelos tricolores.

Não houve mudanças para os 45 minutos finais, e o Esquadrão seguiu melhor em campo, explorando muito o lado esquerdo de seu ataque, com o lateral Léo e o meia Zé Rafael. Depois de muito insistir, o time foi premiado com um gol de cabeça de Gilberto, aos 33 minutos. Na jogada, o volante Elton se infiltrou pela esquerda, driblou o zagueiro na linha de fundo e cruzou para a testada colocada do atacante.

O triunfo parecia certo e o Bahia não sofria pressão do adversário, mas num cruzamento da intermediária, Osman Júnior se antecipou à zaga e empatou a partida, dando números finais ao marcador.

Notícias Relacionadas