Bancos devem avisar clientes sobre uso do cheque especial

Agência Brasil

O cheque especial começou o mês de julho com novas regras. Entre elas a opção do parcelamento de forma automática, menos cara para o consumidor que usa mais de 15% do limite disponível por 30 dias consecutivos.

A taxa média de juros dessa modalidade é de mais de 320% ao ano. A carga colabora para o endividamento da população. Agora, além dos parcelamentos, os bancos deverão informar ao consumidor toda vez que entrar no cheque especial. O saldo e o limite do cheque especial deverão ser descritos de forma separada, para que o cliente não confunda o valor com o do saldo positivo.

Notícias Relacionadas