PT quis prejudicar diplomata que Dilma perseguiu

Petistas têm raiva porque Saboia ajudou na fuga de um senador ameaçado de morte pela turma do cocaleiro Evo Moraes (Foto: Fábio Rodrigues Pozzebom/ Agência Brasil) /

CLÁUDIO HUMBERTO

Senadores bolivarianos ligados a Dilma (PT) tentaram impedir a indicação de Eduardo Saboia, herói da diplomacia, para embaixador em Tóquio. Ele foi aprovado por 41×8, goleada, mas aprovações assim em geral são unânimes. Petistas têm raiva porque Saboia ajudou na fuga de um senador ameaçado de morte pela turma do cocaleiro Evo Moraes, na Bolívia. Desde então, Saboia sofreu dura perseguição de Dilma. A maioria antipetista do Senado agora ameaça barrar Antônio Simões, o bolivariano “Simões Bolívar”, para a embaixada no Uruguai.

ASILO POLÍTICO EM LA PAZ
O senador Roger Molina era opositor de Morales e, ameaçado, asilou-se na embaixada do Brasil, onde permaneceria por quase 500 dias.

CRUELDADE RECUSADA
Diplomatas em La Paz como Saboia ignoraram ordens do Itamaraty, do petista Antônio Patriota, para forçar a saída de Molina da embaixada.

TRISTE DESPEDIDA DO SENADO
Tipos como Humberto Costa (PT) e Vanessa Grazziotin (PCdoB) se prestaram ao papel no Senado de atacar Saboia, profissional correto.

TUDO DOMINADO
O aumento de 10% nos planos individuais e a criação do sistema de “franquias” são apenas duas evidências da submissão da Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) aos interesses das operadoras, como acreditam senadores que apoiam a CPI dos Planos de Saúde.

CARTAS DO ATRASO
Os Correios trombeteiam a entrega, nos últimos anos, de 337.920 kits gratuitos com antena e conversor digital para famílias do Distrito Federal. Já entregar cartas e encomendas de Sedex, que é bom…

SÓ FALTA ARMA NA MÃO
No DF, o setor público foi definitivamente capturado pelas corporações. O lobby de agentes de trânsito fez o governo propor e conseguiu aprovar no mesmo dia um projeto criando o prêmio de R$300 para agentes de trânsito que multem cidadãos incautos nos dias de folga.

APENAS UM AFILHADO
Ao desistir de disputar para o Senado, o ex-ministro do Turismo Marx Beltrão falou em “ser mais forte”. Lorota. Apenas mostrou sua estatura de afilhado: vai apoiar Renan Calheiros, que anulou sua candidatura.

CHUPA, BÉLGICA
A brasileira Regina Vanderlinde foi eleita ontem em Paris presidente da Organização Internacional da Vinha e do Vinho, que define padrões mundiais de vinho, uva etc. Teve 36 dos 45 votos dos países-membros.

LULA PERDE RELEVÂNCIA
Preso por corrupção, Lula perde relevância. Em uma semana, de 28 de junho a 3 de julho, referências a ele despencaram à metade: foram de 47,3 mil para 23,9 mil, segundo levantamento do Dapp Report, da Fundação Getúlio Vargas. Bolsonaro subiu de 58,8 mil para 64,3 mil.

SEM CONTAR SALÁRIOS
Segundo o portal da Transparência do governo federal, já foram distribuídas mais de R$200 milhões em diárias, este ano, para servidores públicos. O campeão levou R$97 mil, além dos salários.

BRASIL POR ÚLTIMO
Estudo do Instituto Brasileiro de Planejamento e Tributação mostra que o Brasil é o 30º colocado (entre 30 países) no Índice de Retorno (de impostos) de Bem-Estar à sociedade. É o 30º colocado desde 2013.

PENSANDO BEM…
…sem nenhuma defesa importante, o “cone” brasileiro na Copa 2018 foi escalado no gol: Alisson.

Coluna de Cláudio Humberto. Clique AQUI e leia mais.

Notícias Relacionadas

Deixe uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *